Na Electrum Trofa, a marca Osram promoveu uma formação onde explicou as vantagens da utilização da tecnologia LED.

Ter a mesma quantidade de luz que uma lâmpada tradicional com menos potência é uma das mais-valias das fontes de luz com tecnologia LED. Esta e muitas outras características foram esmiuçadas por técnicos da Osram, que têm desenvolvido formações por todo o país. A marca esteve representada na Electrum Trofa para mostrar as novidades desta nova tecnologia, que privilegia o fluxo luminoso em detrimento da potência, ao contrário das fontes de luz tradicionais.

Segundo o responsável comercial da Osram em Portugal, Mário Barata, as formações “estão a dar frutos” pela “grande receptividade do público”. “Estão a aderir em massa e estamos a ter resultados práticos a muito curto prazo”, sustentou.

O responsável comercial explicou que, mesmo com a crise, “existe um mercado e uma oportunidade de negócio muito grande em termos de reformulações e remodelações”. “Tentamos transmitir que as oportunidades de negócio existem e que não devemos desperdiçá-las”, frisou.

 

A Osram vê na Electrum Trofa “um excelente parceiro”, que “tem o conceito de fazer projectos chave na mão e trabalha-os muito bem”. “Eu considero que é um parceiro ideal, aliás, diria que deveríamos ter uma Electrum Trofa em cada parte do país para fazer este tipo de trabalho”, salientou Mário Barata.

Já para Carlos Martins, gerente da empresa trofense, é “importante dar a conhecer a nova geração de iluminação”, que é mais amiga do ambiente. “Isto, no fundo, é uma sensibilização para os utilizadores e para os consumidores saberem que, de facto, há novas tecnologias e que existem no mercado formas de o consumo desta iluminação ser cinco a dez vezes mais reduzido que o actual”, referiu.

Ter uma “visão futurista” e “ser parceira de multinacionais e consumidores finais” é o lema da Electrum Trofa.

A formação teve como público-alvo arquitectos, responsáveis da área de iluminação e empresas de decoração.