Para comemorar o aniversário de nascimento do Padre António Serra, fundador do Orfeão Santiago, todos os orfeonistas tomaram parte numa missa, no dia 12 de Julho na Igreja de Santiago de Bougado, celebrada pelo Padre Armindo, pelas 19:30h.

  Esta missa surgiu nesta altura, porque como referiu Jorge Machado, actual presidente do Orfeão Santiago, "é costume celebrar uma missa no aniversário do falecimento, mas em virtude de o falecimento ser em Agosto e de os elementos do orfeão estarem de férias, resolvemos fazer a mesma cerimónia, mas no aniversário do nascimento que é a 13 de Julho", acrescentando ainda que, "a pedido do Senhor Padre Armindo de Bougado, celebramos no dia 12, com a mesma intenção, porque este não podia no dia 13".

Esta missa contou então com a participação de cerca de 40 orfeonistas, num coro a quatro vozes, animando a eucaristia, em honra de um padre, director artístico e fundador do grupo em 1976. Desde a sua morte, contam com ajuda preciosa do maestro, Manuel Tedim, "que é uma pessoa dedicada ao orfeão, a quem temos de apoiar e agradecer muito o trabalho que está a ter connosco", referiu Jorge Machado.

No final da missa rumaram todos ao cemitério onde cantaram junto à campa, como forma de agradecimento pela fundação do grupo, que necessita da participação de todos os que se interessem pela música, e como asseverou o presidente, "todos os queiram vir serão aceites de muito boa vontade".