A vontade de ajudar o próximo na doença, num acidente, ou mesmo salvar o concelho das chamas nasceu há 33 anos e para Amadeu Castro Pinheiro “parece que foi ontem”. Na cerimónia de comemoração do aniversário da corporação da Trofa, o presidente da direcção agradeceu as horas de voluntariado dos homens e mulheres que constituem a equipa.

“Nascemos, crescemos e hoje podemos considerar-nos adultos. Começamos com uma ambulância e com um carro de combate ao fogo emprestado pelos Bombeiros Voluntários de Valongo”, lembrou Amadeu Castro Pinheiro na cerimónia de comemoração dos 33 anos da corporação da Trofa. Aos poucos a corporação e os seus meios começaram a aumentar: “Compramos viaturas, equipamentos, formamos os bombeiros, construímos o quartel, lançamos uma Creche e Jardim-de-Infância, aumentamos a parada para o dobro”.

bombeiros2

Depois de todo este trabalho e ao fim de 33 anos de serviço à comunidade trofense, Amadeu Castro Pinheiro agradeceu o apoio da Câmara Municipal. “Foi com gosto e satisfação que assistimos há dias à inauguração pela Câmara Municipal da Trofa de uma rotunda com um monumento aos Bombeiros Voluntários da Trofa”.

Mas Amadeu Castro Pinheiro quer mais para os bombeiros que dedicam a sua vida a ajudar o próximo. “Queremos estar sempre preparados para socorrer aqueles que de nós possam precisar, queremos estar apetrechados de forma a poder responder com eficiência técnica e operacional. Se deitarmos um olhar sobre o passado, importa agora afrontar o futuro numa perspectiva de que esta associação não pode ser estática, devendo pelo contrário assumir sempre uma atitude dinâmica de conceitos inovadores”, afirmou.

Consciente da importância da corporação para o concelho, o membro da direcção lembrou os fogos que consumiram o concelho este Verão e orgulhoso, agradeceu o combate eficaz às chamas: “No rescaldo dos fogos florestais quero deixar um profundo sentimento de orgulho, de gratidão a todos os bombeiros e bombeiras pelo desempenho que tiveram na luta contra os fogos que este ano assolaram o nosso concelho, obrigado bombeiros, obrigado comandante”.