A 19 de novembro de 2015 foi inaugurado, com pompa e circunstância, os Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro. O dia foi de festa e não faltaram “distrações”, como animação de rua e o concerto noturno de Mickael Carreira, para delírio de centenas de fãs.
Apesar de inaugurados, as obras nos Parques não estavam concluídas, algo que o NT tenha previsto, a uma semana da sua inauguração. A concha acústica não ficou concluída a tempo de ser inaugurada por Mickael Carreira e nem as salas do Fórum Trofa XXI estariam prontas a ser “habitadas”, uma vez que ainda usam eletricidade da obra.
Além de a Rotunda do Catulo não estar concluída, o elevador de acesso ao parque de estacionamento ainda se encontrava desligado, o que levou as pessoas de mobilidade reduzida a desafiarem o perigo de usar a rampa de acesso dos automóveis. Uma situação que só ficou concluída a semana passada, com a ativação do elevador.
Cerca de uma semana depois de inaugurados, os Parques tiveram a sua primeira vítima: um candeeiro foi “atropelado” por um veículo pesado, tendo ficado estendido durante meses, sendo que, nas duas primeiras semanas, com a luz ainda ligada. Em finais de janeiro, o candeeiro acabou por ser removido e o local onde se encontrava tapado.
Quanto aos acessos ao parque de estacionamento, de denotar que dois dos três existentes nos Parques estão “temporariamente indisponíveis” e vedados com fitas da Polícia Municipal.
Desde que a Estrada Nacional 104, par dos Parques, foi reaberta ao trânsito, o pavimento em ambos os sentidos da Rua Abade Inácio Pimentel encontra-se desnivelado pela segunda vez. A 19 de junho de 2015, o NT deu conta do desnível do pavimento quer na estrada, quer no passeio, tendo sido necessária a colocação de sinalética e de um “pirilampo” laranja, de forma a alertar os condutores, para que não acabassem por ver as suas viaturas estragadas tal era o tamanho da depressão que o pavimento apresentava. Na altura, o pavimento foi reparado, mas a pouco e pouco a depressão tem aumentado, sendo já visível o desnível. Uma situação que tem agravado, com o surgimento de um novo aluimento, no mesmo pavimento, mas só no sentido Trofa-Santo Tirso, mesmo no local onde se encontra uma passadeira, perto da paragem de autocarros.
Já se passaram três meses desde que os Parques foram inaugurados e as obras ainda estão por concluir. Além disso, o que fazia parte das obras não está pronto: as salas do Fórum Trofa XXI ainda não foram habitadas, a Rotunda do Catulo continua por concluir e há várias semanas que não são vistos trabalhadores na concha acústica.
O NT solicitou esclarecimentos à Câmara Municipal da Trofa sobre as obras nos Parques, questionando para quando o retomar da obra e quando está prevista a sua conclusão, qual a razão para dois dos acessos estarem vedados ao público e para quando a sua resolução e o que vai ser feito para resolver os aluimentos na EN104. Uma vez mais, não obtivemos qualquer resposta.