quant
Fique ligado
tiago-vasconcelos tiago-vasconcelos

Ano 2010

O Xadrez Político do Concelho

Publicado

em

tiago-vasconcelos 

Volvidos 5 meses após as eleições autárquicas, começa a ser visível o novo poder de decisão política do Concelho.

Em termos puramente numéricos, o resultado das eleições autárquicas no nosso concelho foram uma surpresa para muitos. O PS obteve mais votos para a Câmara e Assembleia Municipal e conseguiu ganhar três Juntas de Freguesia. O PSD não conseguiu atingir o objectivo a que se propôs, foi a segunda força política na Câmara e Assembleia Municipal e obteve 50% das Juntas de Freguesia. Por seu lado, o PP manteve-se como terceira força política na Assembleia Municipal, mesmo perdendo um elemento, e manteve uma Presidência de Junta. A CDU “desapareceu” da Assembleia Municipal, não conseguindo manter o membro eleito em 2005. Até aqui, nada de novo.

Convém relembrar que a vereação da Câmara é composta por 7 elementos e a Assembleia Municipal é constituída por 21 membros, eleitos directamente pelo povo, e pelos 8 Presidentes de Junta de Freguesia eleitos. Resumindo, a Câmara Municipal é formada por 4 vereadores do PS e 3 do PSD, e a Assembleia Municipal é constituída por 13 elementos do PS, 14 do PSD e 2 do PP.

Em termos numéricos, o PS saiu como o novo decisor político sem maioria na Assembleia Municipal.

Será que o PS é o verdadeiro decisor político?

Será que todos os vereadores eleitos do PS se sentem como membros de uma equipa unida e que realmente decide sobre a estratégia futura de desenvolvimento integrado do concelho?

Volvidos 5 meses após as eleições autárquicas, é visível que o novo poder de decisão política do Concelho não está no executivo da Câmara Municipal.

Publicidade

Para comprovar esse facto basta reflectir sobre algumas questões como, por exemplo:

: Quem decidiu a presidência e a estratégia da Trofa-Park?

: Qual é a estratégia para a recolha de resíduos para o Concelho? Quem é que decidiu?

: Qual foi o critério de decisão para a localização dos Paços do Concelho? Quem decidiu contrariar a decisão do relatório da Comissão de Avaliação da Localização dos Paços do Concelho? Porquê???

: Quem decidiu sobre os funcionários a dispensar e a contratar? Que critérios foram adoptados? O desempenho dos funcionários foi avaliado? Por quem?

: Qual a estratégia a implementar no desporto e o papel que se pretende para as associações? Quem a decidiu?

 

Publicidade

: Qual é a verdadeira razão da demissão do Presidente da Assembleia Municipal? Razões pessoais após alguns dias da sua eleição??? Acham possível?

Cabe aos leitores reflectir, mas tenho a convicção de que se colocássemos individualmente estas questões aos quatro vereadores eleitos pelas listas do PS obteríamos respostas completamente diferentes.

Como no xadrez, vamos ter tempo para visualizar quem assume o papel de peão e quem assume o papel de rei. Vamos ter tempo para visualizar se, e quanto tempo, os “peões” estão dispostos a suportar esse papel.

Infelizmente, pelo desgoverno da estratégia de desenvolvimento integrado do nosso concelho quem perde somos quase todos nós. Quem perde é a Trofa.

Tiago Vasconcelos

Publicidade
Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2010

Tradição de porta em porta

Publicado

em

Por


O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado mantém viva, ano após ano, a tradição de cantar as janeiras de porta em porta, levando o folclore da região a todas as casas.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2010

Arte em quatro rodas

Publicado

em

Por

Francisco Maia tem uma oficina de restauro diferente: recupera automóveis antigos há mais de 20 anos.

(mais…)

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);