Alberto-Oliveira-1 

Alberto Oliveira candidata-se pela CDU a S. Mamede do Coronado

O Notícias da Trofa: O que é que o leva a candidatar-se à Assembleia de Freguesia?

Alberto Oliveira: Não foi de ânimo leve que aceitei ser candidato. É do conhecimento geral que o rumo da freguesia de S. Mamede não tem acompanhado as necessidades das pessoas e por essa razão me candidatei à Assembleia de Freguesia. 

NT: Quais são os projectos que vai apresentar para o mandato?

AO: Os projectos são muitos, tais como a construção de mais passeios, em particular nas ruas mais movimentadas e na proximidade das escolas, a colocação das tampas de saneamento inexistentes, melhorar a sinalização da freguesia, melhorar a limpeza das valetas e das zonas florestais, cuidar melhor dos jardins e criar mais jardins e espaços verdes na freguesia, recuperar os lavadouros públicos, mantendo-os limpos e asseados, o restauro dos fontenários públicos, a reposição dos parques infantis e a construção de mais dois, construção da Casa Mortuária e melhorar o apoio à infância e à terceira idade durante todo o ano. 

NT: Qual é o projecto/área prioritário(a) caso seja eleito?

AO: O projecto prioritário é resolver a situação da ETAR de Trinaterra que é um perigo iminente para as pessoas, animais e para a saúde pública. Colocação de tampas de saneamento inexistentes que foram vandalizadas. Apoio à população carenciada. Construção de parques infantis inexistentes na freguesia (só existe na escola primária e só para os alunos do infantário). Restauro dos lavadouros do Covêlo pois a cobertura ameaça ruir. 

NT: Por que é que os eleitores devem votar em si?

AO: Os eleitores devem votar em mim por uma razão muito simples: só conseguirei reivindicar na Assembleia de Freguesia uma vida melhor com o apoio da população. 

NT: Considera mais fácil governar senda a Câmara e a Junta do mesmo partido político? Porquê?

AO: Para mim pouca diferença faz ser do mesmo partido ou não. O que é preciso é ter a vontade de fazer uma freguesia melhor, onde todos nos sentimos bem.