nucleo-js- 

Idealizar e construir novos projectos em prol da juventude será, à semelhança da estrutura concelhia, a missão em S. Romão do Coronado. Juliana Pinto é a líder do novo núcleo apresentado pela Juventude Socialista.

A Juventude Socialista da Trofa deu mais um passo rumo ao crescimento e oficializou, esta terça-feira, a criação de um núcleo em S. Romão do Coronado. “Propor ideias e projectos, falar com a juventude e ouvir as suas necessidades” são os propósitos de Juliana Pinto, coordenadora do recém-criado núcleo, do qual fazem parte já 10 elementos.

Com 24 anos, a jovem socialista aceitou enveredar pelo projecto que já lhe reservam “muito boas expectativas”. “Já fazia parte dos militantes do PS e, em conjunto com eles, achámos que os jovens merecem novas oportunidades e ter espaços sem terem que sair da terra”, adiantou Juliana Pinto, em entrevista ao NT, a quem não faltam já muitos projectos. “Para S. Romão queremos um espaço de cultura e de lazer, espaços para concertos onde possamos assistir a um teatro, zonas onde possamos estar sem ter que sair da freguesia”, enumerou. “Estar na política com ideias úteis” é o lema que, segundo Juliana Pinto, acompanha os jovens socialistas para “levar os jovens a aproveitar o que de melhor há em S. Romão do Coronado”.

“Núcleos e concelhias têm de andar de mãos dadas”. Este é um dos princípios seguidos por Marco Ferreira, presidente da Juventude Socialista da Trofa, que não tem dúvidas do trabalho que será desenvolvido na freguesia romanense. “A expectativa é muito elevada, conhecemos bem o grupo deste núcleo que se foi desenvolvendo e crescendo ao longo da campanha eleitoral, conhecemos bem o seu dinamismo e Juliana Pinto tem uma perspectiva fantástica daquilo que deve ser o crescimento e o desenvolvimento desta freguesia”, considerou.

Para o líder da JS concelhia, a criação de núcleos nas diferentes freguesias irá efectivar “a estratégia global da JS, que é a da proximidade com os cidadãos”. “Estes núcleos irão lidar mais de perto com as pessoas e os problemas dos jovens de cada freguesia, o objectivo da JS concelhia é crescer e a criação de núcleos faz parte dessa perspectiva”, sublinhou, adiantando que “até ao final do ano poderão ser criados mais núcleos da JS”.

Nuno Araújo, que também marcou presença na apresentação do núcleo de S. Romão do Coronado, proferiu palavras de incentivo ao trabalho que agora começa para Juliana Pinto e a sua equipa. O presidente da Federação Distrital da JS/Porto afirmou que “nos próximos quatro anos começa um novo ciclo político” e realçou a importância de “reforçar os quadros da JS para mais tarde integrarem as listas do PS” e de “mobilizar cada vez mais jovens”.

Também Joana Lima, presidente da Comissão Política Concelhia do PS, não deixou de frisar o papel de uma “juventude activa e participativa” para “construir um futuro melhor”. A socialista fez ainda questão de lembrar que “a Juventude Socialista da Trofa teve um papel preponderante para hoje o PS ser poder na Câmara Municipal”.