Select Page

Necessidade de Recursos Humanos Qualificados no Sector Metalúrgico, Metalomecânico e Eletromecânico

Necessidade de Recursos Humanos Qualificados no Sector Metalúrgico, Metalomecânico e Eletromecânico

O CENFIM, tendo em conta as características da região, promove formação que dá resposta ao sector Metalúrgico, Metalomecânico e Eletromecânico. Trata-se de um sector líder de mercado e responsável por 18% do PIB. Dado o crescimento do sector e a digitalização da indústria (Industria 4.0), as empresas confrontam-se com falta de recursos humanos qualificados para assumirem funções directamente relacionados com as várias saídas profissionais que vão ao encontro do nosso Plano de Formação:

Actualmente, o CENFIM da Trofa acolhe mais de 24 turmas em regime diurno e pós-laboral e conta com cerca de 70 formadores/monitores. É com agrado que vemos a sociedade actual, a encarar a formação profissional como uma aposta segura no futuro dos jovens e uma válida alternativa ao ensino regular. Daí que, todos os anos, surjam inúmeros jovens cuja primeira opção foi estudar no CENFIM.

Não obstante, ainda há muito trabalho pela frente para desmistificar o estigma criado para o sector Metalúrgico e Metalomecânico como sendo um “trabalho sujo” e “duro”, quando cada vez mais se vêem empresas limpas, organizadas e modernizadas permanentemente com uma aposta em tecnologia de ponta. O sector está em franca expansão e a nossa missão continua focada numa formação de qualidade, tanto no que concerne à formação inicial para pessoas indiferenciadas, como para colaboradores de empresas que necessitem de reciclagens/ aperfeiçoamentos, em que é possível desenhar formação à medida visando situações específicas.

Com o objectivo da qualificação numa área com emprego garantido, temos assistido a uma crescente solicitação do género feminino, por parte das empresas, uma vez que, para determinadas funções, são um valor acrescentado.

Toda a formação ministrada no CENFIM tem, por referência, um enfoque na aquisição de aptidões e competências práticas (o saber-fazer), metodologia essa que é reconhecida pelas empresas. A constituição das turmas tem por base o princípio de uma aprendizagem individualizada, sendo o número de elementos balizado pelo número de equipamentos disponíveis para a formação. Sentimos que só assim é que podemos dar uma formação com qualidade. Paralelamente, as nossas equipas de acompanhamento pedagógico estabelecem uma relação de proximidade com os formandos, estando atentas às suas vulnerabilidades.

Convidam-se, todos os interessados, para conhecerem as nossas instalações e perceberem mais de perto o tipo de formação ministrada no CENFIM. Visitem-nos nos dias 31 de Maio das 9:00 às 21:00 e no dia 1 de Junho das 9:00 às 13:00 durante o DIA ABERTO do CENFIM da Trofa e conheçam os nossos cursos, formandos e equipa formativa. Aqui poderão conhecer e verificar que estamos devidamente preparados para dar formação teórica e prática simulada na Oficina de Maquinação Convencional, na Oficina de CNC (torneamento e fresagem de 3/4/5 eixos), nas salas de CAD/CAM, nos Laboratórios Técnicos (electricidade, electromecânica, pneumática, hidráulica e automação) e Oficina de Soldadura (Certificada para formação ATB/EWF).

No CENFIM decorrem ainda projectos paralelos como o Concurso das Profissões (a nível nacional e Internacional); o CENFIM Empreende; a Oficina Individual de Formação e os estágios em Erasmus. Para mais informações consulte www.cenfim.pt ou através dos contactos trofa@cenfim.pt ou pelo telefone: (+351) 252 400 530.

Conteúdo patrocinado

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização