Natal significa nascimento, o dia em que alguém nasceu, e a palavra vem do latim “natalis”. Natal, na liturgia cristã, é a festa em louvor do nascimento de Jesus Cristo, que é celebrado pelos cristãos em 25 de dezembro.

Na verdade, a festa de Natal (anterior a Jesus Cristo), começou, pelo menos, sete mil anos antes do nascimento de Jesus. Esta festa tinha como razão principal celebrar o solstício do inverno, a noite mais longa do ano no Hemisfério Norte, a qual acontece nos finais de dezembro. A partir daquela data, o sol ficará mais tempo no céu (entre os humanos), até ao verão (solstício de verão). É o chamado ponto de viragem das trevas para a luz (“renascimento” do sol). Era o tempo em que o homem passava a dominar a agricultura, trabalhando nela para obter as colheitas no ano seguinte. Havia que celebrar o acontecimento com festivais. Em Roma, as celebrações eram dedicadas ao deus Mitra, o deus da luz, no dia 25 de dezembro (os festejos do solstício do inverno). O culto a Mitra chegou à Europa cerca do século IV.

Os primeiros indícios da comemoração da festa “natalícia”, referente ao nascimento de Jesus Cristo, em 25 de dezembro, é a partir…

António Costa

Esta crónica só pode ser lida integralmente na edição impressa do jornal ou através da edição disponível para assinaturas online. Mais informações aqui