Mesa recheada, música alusiva e momentos de convívio preencheram o tradicional almoço de Natal, que todos os anos junta a família do Centro.

Maria Isabel Silva é utente do Centro Comunitário Municipal da Trofa desde o início do seu funcionamento. Participa nas actividades e está presente sempre que pode e, por isso, não deixou de se juntar à família que também é sua para o tradicional almoço de Natal, na passada sexta-feira. Nestes encontros, que ganham um sabor especial na quadra natalícia, o que Maria Isabel mais gosta é do “convívio” e, porque Natal pede fraternidade, esta senior com espírito jovem deseja “muita paz e amor a toda a gente”.

almoco-centro-comunitario

No almoço de Natal do Centro Comunitário Municipal da Trofa não faltaram as batatas, o bacalhau e as tradicionais doçarias, que fizeram as delícias dos utentes e até Álvaro Santos, que não pode abusar dos doces, facilitou para saborear as rabanadas com sabor a canela. “Gostei imenso pela companhia de toda esta gente e o Natal para mim está a ser alegre”, afirmou ao NT/TrofaTv. Com “muitos amigos e família um pouco por todo o lado”, Narcisa de Matos também se juntou à família do Centro Comunitário que é “muito boa”. “Venho todos os anos, o Natal é a coisa mais linda que há”, contou.

Depois de visitar algumas das escolas básicas do concelho, Joana Lima fez questão de se unir à festa no Centro Comunitário, que para a edil trofense é “um espaço onde os mais velhos podem ser mais felizes e, através do qual, continuam a dar um contributo à sociedade, fazendo trabalhos, expondo e fazendo muita coisa que pode ser muito útil no futuro”. “Tenho um carinho especial pelos idosos e sinto também, como nos miúdos do primeiro ciclo, a felicidade das pessoas de quem a Câmara não podia deixar de se associar. Eles partilham aqui as suas experiências e as suas ambições, é uma honra estar aqui a partilhar com eles esta alegria do Natal”, confirmou.

No final do almoço recheado de iguarias alusivas ao Natal, não faltaram as músicas entoadas no feminino, pelas utentes do Centro.