Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado premiou os postais de Natal mais bonitos, criados pelos alunos das Escolas Básicas da freguesia.

“Eu desenhei o José e a Maria, o Jesus, ‘Feliz Natal’ em baixo e uma estrela cadente em cima”, conta o autor do desenho vencedor do concurso de postais de Natal promovido pela Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado. António Silva frequenta o 4º ano e, na tarde de sexta-feira, recebeu o prémio das mãos do edil são martinhense, José Sá. O menino de nove anos nem para o NT abriu o presente e garantiu que “só quando chegasse à sala” é que iria saber o que era. António desenhou um presépio e desejou Feliz Natal a todos, porque achou que “fosse bonito”. O aluno gostou da ideia da Junta de S. Martinho e espera que “se repita todos os anos”. Mesmo não sabendo o que mais gosta de desenhar, o menino “adora” fazer desenhos e pintar. Concursos à parte, o que o António quer mesmo como presente de Natal “é uma bola de futebol, uma de basquete e um carro telecomandado”.

José Sá, presidente de Junta de S. Martinho de Bougado, explicou que este concurso “é um incentivo às crianças”. “Esta é a forma económica de criar os postais de Natal e que mais entusiasma os alunos e a Junta”, garantiu o edil.

Os desenhos vencedores foram usados para criar os postais da Junta de Freguesia, que pôde desta forma “desejar boas festas às pessoas de uma forma mais personalizada e próxima”. Os desenhos vencedores foram escolhidos pelo executivo são martinhense e cada escola da freguesia recebeu um prémio. A EB1 de Esprela ficou em primeiro lugar, com o desenho do António. A segunda posição foi ocupada pela Escola de Finzes, atribuído ao desenho da Joana, de sete anos. No 3º lugar ficou a EB1 de Paranho. O prémio foi entregue à Ana Beatriz, do 3º ano. Bárbara Alexandra, da EB1 de Paradela, ficou em 4º lugar.

Os meninos que venceram o primeiro e o segundo prémios receberam dois livros, um para eles e outro para a biblioteca da escola. Já o terceiro e o quarto lugares foram contemplados com um DVD. A biblioteca das escolas também recebeu um livro.