Na Seleção Nacional de Salvamento Aquático Desportivo, que já se encontra na Austrália para o Campeonato do Mundo, há uma trofense com grandes expectativas. Susana Cruz, bombeira e há quatro anos nadadora-salvadora, foi campeã nacional de salvamento aquático e participa pela primeira vez na competição mundial.
Esta prova, que se realiza de 21 a 26 de novembro, destina-se a incentivar os nadadores-salvadores a desenvolver, manter e melhorar as suas capacidades físicas e mentais essenciais para salvar vidas no ambiente aquático. As competições são então pensadas para testar as habilidades de salvamento, aptidão e motivação dos concorrentes, dividindo-se em dois setores, piscina e praia. Cada setor é composto por cerca de nove provas, em que participam as equipas que podem ter até 12 nadadores.
No Campeonato do Mundo vão participar cerca de 40 seleções, cujos elementos são selecionados de acordo com o ranking obtido nos campeonatos nacionais.

Susana Cruz (segunda à esquerda) é da Trofa e vai representar o país no Mundial de Salvamento Aquático

Em declarações ao NT, Susana Cruz afirmou que sente“uma grande responsabilidade em cima dos ombros, por representar o país”. “Um dos meus objetivos em todas as provas passa por dar o meu melhor, aproveitando também para conhecer uma realidade diferente dos campeonatos”, atestou a jovem de 22 anos.