abertura-expotrofa

Foram muitos os que no sábado marcaram presença na Trofa para dar o pontapé de saída do maior certame do concelho, que reúne cerca de 100 stands e 14 tasquinhas no Parque Nossa Senhora das Dores.

As expectativas elevadas confirmaram-se e a ExpoTrofa regressou em força para mais uma edição daquele que é o evento de maior visibilidade no concelho. Todos os anos na primeira semana de Julho o Parque Nossa Senhora das Dores transforma-se numa mostra do que melhor se faz na Trofa em termos empresariais, artesanais, artísticos e associativos.

Foram muitos os que no sábado marcaram presença na Trofa para dar o pontapé de saída do certame, que reuniu várias entidades locais e nacionais, entre eles Melchior Moreira, presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, que elogiou a “aposta clara na qualidade” e o crescimento do certame a cada ano que passa. “Temos aqui mais um cartaz em termos de oferta turística para o Porto e Norte de Portugal nos próximos anos, para o país é uma mostra quer seja da gastronomia, quer seja dos vinhos, do artesanato e de todo o empreendedorismo local”, afirmou o responsável, em entrevista ao NT/TrofaTv. “Uma outra valência extremamente importante é o trabalho que tem sido feito aqui na área da solidariedade social”, realçou ainda.

Para além dos cerca de 100 stands e 14 tasquinhas instaladas no Parque, cada dia da ExpoTrofa proporciona aos visitantes um programa de animação cultural, com actuações de música e dança que cada freguesia se encarrega de organizar.

Satisfeito com a “grande afluência” e o “sucesso” dos primeiros cinco dias da ExpoTrofa, Bernardino Vasconcelos, presidente da autarquia, classificou o certame como “um evento de sucesso e de referência a manter” que “melhora a cada ano que passa”. Para o edil trofense, a ExpoTrofa “tem uma vertente extraordinária, que é o de juntar os conterrâneos de todas as freguesias mobilizados através das associações que trabalham nas tasquinhas”. “A ExpoTrofa é a feira das tasquinhas e tentou ser, desde sempre, um momento de coesão municipal, e conseguimo-lo, tem êxito e tem presença”, acrescentou.

No que respeita às tasquinhas, a Câmara Municipal tem trabalhado no sentido de melhorar as condições de segurança e higiene alimentar para oferecer o melhor serviço a quem visita a ExpoTrofa.

“Este ano procurámos dar um bocadinho de melhores condições às entidades e às associações que estão com o funcionamento das tasquinhas e portanto aumentamos-lhe a área, criámos condições nomeadamente de funcionamento e de trabalho muito mais apelativas, porque é isso que nos importa, muito mais segurança para que as pessoas que vêm aqui às tasquinhas tenham a certeza de que não vão ter problemas com aquilo que naturalmente consumirem”, sublinhou António Pontes, vereador do pelouro do Turismo da autarquia.

Produtos e materiais em exposição, esplanadas ao ar livre, bons petiscos e sobremesas típicas são alguns dos muitos ingredientes da ExpoTrofa, que até ao próximo domingo promete ser o centro das atenções na Trofa.