quant
Fique ligado

Ano 2012

Miguel Relvas garante que “Governo não quer acabar com freguesias” (c/video)

Publicado

em

A Trofa recebeu o 1º Congresso Nacional de Jovens Autarcas Social Democratas. Miguel Relvas esteve na abertura e sublinhou que a Trofa “tem problemas muito graves”.

A presidente da JSD Trofa não deixou passar a oportunidade de estar perante o ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, para largar a deixa. Em plena abertura dos trabalhos do 1º Congresso Nacional de Jovens Autarcas Social Democratas, que se realizou no Colégio da Trofa, Sofia Matos dirigiu-se aos participantes: “É um prazer receber-vos aqui, lutámos para que alguns de vocês viessem de metro até à Trofa, mas não foi possível. Esperamos que da próxima vez, já seja uma realidade”.

Depois de receber o “recado”, Miguel Relvas discursou sobre a reforma administrativa, o tema central deste congresso, que contou com cerca de 200 participantes. O ministro assegurou que “as reformas do faz de conta acabaram” e que é necessário mudar. Um dos exemplos para sustentar a tese foi mesmo o concelho da Trofa, que segundo Miguel Relvas, tem “problemas muito graves e as contas do concelho estão numa situação difícil”, mas é importante “não chorar sobre o leite derramado e ter capacidade para resolver os problemas”. “Temos que saber como chegamos aqui e em que circunstâncias vamos sair daqui. Esse é o caminho que temos pela frente, se queremos uma nova atitude e uma nova visão do poder local, temos que estar abertos a uma nova classe política e geração”, frisou.

Imputando a responsabilidade desta reforma ao anterior governo do PS, o ministro assegurou que a intenção do novo executivo “não é acabar com as freguesias”, mas sim “agregar os órgãos”, porque “as câmaras municipais têm de delegar nas freguesias mais competências e as freguesias têm de ter mais meios, mas para isso têm de ter maior escala”.

No entanto, essa não é a opinião de Rui Rio. O presidente da Câmara Municipal do Porto foi outro dos convidados para o congresso e ao chegar uma hora depois do previsto, avisou que a sua intervenção iria ser à porta fechada. No entanto, o NT apurou, junto de uma fonte, que o autarca defendeu os mesmos pressupostos que apresentou no discurso na sessão solene do 13º aniversário do concelho trofense, em novembro de 2011, como a abolição da regra do “próximo da lista”. Sobre a lei autárquica, Rui Rio considera que a oposição dentro do executivo é aconselhável desde que em minoria, não defendendo os executivos monocolores.Miguel Relvas defende que o atual modelo de administração “é questionável” e que a reforma do poder local deve ser motivo de “debate”. No mesmo sentido está o secretário de Estado da Administração Local, que encerrou os trabalhos. Paulo Júlio defende que os executivos camarários devem ser compostos apenas pelos partidos que ganham as eleições. “Não é problema onde há maioria absoluta, mas também não melhora em nada a democracia local. Há papéis que, hoje, são feitos pelos vereadores da oposição, que podem ser feitos ao nível da assembleia municipal que, naturalmente, tem que reunir mais vezes e ter um ambiente de organização diferente”, sustentou.

Publicidade

No entanto, foi visível a convicção dos sociais-democratas de que o modelo da administração local está ultrapassado. Paulo Júlio defendeu ainda que deve haver um controlo mais apertado ao setor empresarial das autarquias: “É necessário haver mais transparência, mais rigor. Há empresas municipais que são um exemplo na gestão da coisa pública, mas há outras que não cumprem minimamente o conjunto de indicadores económicos e financeiros para serem empresas”. Assim como o secretário de Estado, a JSD defende o intermunicipalismo. A Comissão Política Nacional da juventude partidária apelou ainda para que os executivos camarários sejam eleitos a partir da Assembleia Municipal.

Neste congresso João Teixeira Leite, vereador da Câmara de Santarém, foi eleito o presidente da Comissão Política Nacional dos Jovens Autarcas Social Democratas. 

JSD Porto realiza jantar na Trofa

Durante dois dias, a Trofa recebeu três iniciativas da juventude partidária: o congresso, o conselho nacional e o jantar de apresentação da Comissão Política Distrital da JSD do Porto. Sofia Matos afirmou que “este é um sinal que a Trofa tem alguma influência nos assuntos autárquicos do País”. “A nossa prioridade é e será sempre a Trofa, mas a mobilidade que temos com a (comissão politica) regional e nacional é muito importante”, sublinhou.

Simão Ribeiro, Presidente da Comissão Politica Distrital JSD Porto, explicou que a escolha da Trofa para apresentar os novos órgãos políticos recaiu neste concelho porque “a JSD local deu prova que era feita de gente irreverente, competente e muito capaz”. “A distrital do Porto pugna por um sistema de rotatividade, em que tenta ao máximo servir e dar projeção os jovens autarcas e nada melhor do que esta altura do que realizarmos uma ação desta amplitude na Trofa”, acrescentou. 

O jantar dos jovens sociais-democratas realizou-se na Quinta da Azenha, na freguesia de Guidões. Na Comissão Política Distrital da JSD do Porto estão quatro elementos da juventude partidária da Trofa: Sofia Matos, Vítor Sousa, Simão Osório e Ana Luísa Campos. 

{fcomment}

Publicidade
Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2012

Verbas da Câmara para as obras da Junta tema da Assembleia

Publicado

em

Por

Na sessão ordinária de dezembro da Assembleia de Freguesia de S. Romão foram aprovados o Plano de Atividades e Orçamento para 2013.
Informação sobre a reunião do executivo e membros da Assembleia de Freguesia com Joana Lima sobre as “transferências deliberadas em maio de 2009 e destinadas à remodelação da Casa Quinta de S. Romão” provocou divergências.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2012

Assembleia de S. Mamede – Documentos previsionais aprovados com abstenção do PSD

Publicado

em

Por

Na sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de S. Mamede do Coronado foram aprovadas, com a abstenção do PSD, as propostas para o Plano de Atividades, PPI, Orçamento e Mapa de Pessoal para 2013.

O Plano de Atividades, o Plano Plurianual de Investimentos (PPI), Orçamento e Mapa de Pessoal para 2013 estiveram em discussão na última Assembleia de Freguesia de S. Mamede do Coronado, que decorreu na quinta-feira, dia 20 de dezembro.

(mais…)

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);