quant
Fique ligado

Edição 462

Micaela Oliveira vítima de tentativa de extorsão

Publicado

em

 

Jovem e dois cúmplices pretendiam extorquir à estilista 24 mil euros, ameaçando tornar públicas alegadas gravações e vídeos da sua filha.

A conhecida estilista trofense Micaela Oliveira foi vítima de tentativa de extorsão, cerca das 11 horas desta terça-feira, dia 25 de fevereiro, no seu atelier situado na Rua D. Pedro V, em S. Martinho de Bougado.

Segundo declarações de Micaela Oliveira prestadas ao NT na tarde desta quarta-feira, a situação arrasta-se “desde dezembro de 2013, quando um rapaz, de 19 anos de idade” a contactou para “pedir emprego”. A estilista recusou uma vez que não precisava de novos trabalhadores, mas o rapaz insistia.

Na semana passada “fui contactada novamente por ele, que me ameaçou que teria de lhe dar emprego e mil euros por mês durante 24 meses, pois estava na posse de uns vídeos e gravações da minha filha. Eu neguei, falei com as autoridades e depois marquei com o jovem na minha loja para lhe entregar o dinheiro”. Depois de ter o dinheiro na sua posse, o rapaz foi detido em flagrante, pelos militares do NIC da GNR de Santo Tirso, assim como o pai e a madrasta que o aguardavam no exterior do estabelecimento.

Foram ainda apreendidos dois computadores portáteis, sete telemóveis, um leitor de MP4 e um tablet em resultado de uma busca domiciliária realizada pelos militares, assim como recuperados os 24 mil euros. Na noite de terça para quarta feira os dois homens ficaram detidos no Posto da GNR e a mulher foi notificada para comparecer em tribunal.

Os suspeitos, residentes no concelho de Guimarães, foram esta quarta-feira presentes ao juiz no Tribunal de Santo Tirso, onde lhes foi aplicada como medida de coação termo de identidade e residência com apresentações periódicas às autoridades. Os suspeitos não tinham antecedentes criminais.

Micaela Oliveira fez também chegar às redações um comunicado no qual explica que se trata de “uma situação de foro privado, em nada associado à minha profissão, pela qual sou conhecida”. “Fui obrigada a efetuar uma queixa-crime, mais precisamente no âmbito da extorsão, o que deu origem ao competente processo judicial, o qual seguirá os seus trâmites junto do tribunal”, acrescentou.

Publicidade
Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 462

Abertas candidaturas ao Prémio Bial

Publicado

em

Por

 

Prémio monetário, no valor de “340 mil euros”, assinala 30º aniversário da Fundação Bial. Candidaturas abertas até ao dia 31 de outubro.

“Premiar a investigação médica” é um dos principais objetivos do Prémio Bial, que pode ascender aos “340 mil euros”, sendo já considerado como “um dos maiores galardões internacionais na área da saúde”.

A 16ª edição do Prémio Bial, que este ano assinala 30 anos desde a sua primeira edição, ascende a “340 mil euros”, contemplando “a investigação básica e a pesquisa clínica através de duas modalidades: o ‘Grande Prémio Bial de Medicina’ e o ‘Prémio Bial de Medicina Clínica’”.

Luís Portela, presidente da Fundação Bial, relembra que este prémio nasceu para “incentivar a investigação médica e promover a sua divulgação, primeiro em Portugal e, posteriormente, a nível internacional, acompanhando ao longo da sua história a evolução e as tendências da Saúde e da Medicina”. Luís Portela orgulha-se de “promover um dos maiores galardões na área da saúde, capaz de atrair médicos e investigadores de diversos países e de premiar profissionais de referência mundial nas suas áreas de investigação”.

No valor de 200 mil euros, o Grande Prémio Bial de Medicina distingue “trabalhos de índole médica de grande qualidade e relevância científica”. Já o Prémio Bial de Medicina Clínica, no valor de cem mil euros, premeia “um tema livre dirigido à prática clínica”. No regulamento deste concurso está também contemplada a possibilidade de atribuição de menções honrosas, “até quatro trabalhos concorrentes, no valor de dez mil euros cada”. Para além do valor monetário, o Prémio Bial 2014 contempla uma edição exclusiva, com “uma tiragem entre cinco e 15 mil exemplares”, do trabalho vencedor do Prémio Bial de Medicina Clínica e de algumas das obras galardoadas, para divulgação e distribuição gratuita junto dos profissionais de saúde.

Instituído em 1984, o Prémio Bial é atribuído de dois em dois anos e já mobilizou “1315 investigadores, médicos e cientistas, autores de 580 obras candidatas”. Nas 15 edições realizadas, distinguiu “231 autores (91 obras premiadas)” e foram editadas e distribuídas gratuitamente pela classe médica e científica “mais de 30 obras premiadas, num total de mais de 300 mil exemplares”.

Criada em 1994 pelos Laboratórios Bial em conjunto com o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, a Fundação Bial é uma instituição “sem fins lucrativos”, que tem como missão “a promoção do estudo do Homem, distinguindo-se pelo seu papel incentivador da investigação médica e científica a nível internacional”.  

Publicidade
Continuar a ler...

Edição 462

ADRC Finzes promove Caminhada no Dia da Mulher

Publicado

em

Por

Para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a Associação Desportiva Recreativa Cultural de Finzes vai promover uma caminhada no dia 9 de março.

A concentração está marcada para as 9 horas, junto à Academia Municipal da Trofa (Aquaplace) e o percurso terá um grau de dificuldade média/baixa. No fim, haverá uma aula de relaxamento.

É obrigatório o uso de sapatilhas.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas nos locais de divulgação ou através do contacto telefónico 911 025 393. 

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);