A AMAVE e a LIPOR assinaram hoje o protocolo de colaboração na área dos resíduos sólidos naquela que é a maior parceria em Portugal nesta área. Castro Fernandes, presidenta da AMAVE, no seu discurso realçou a importância desta iniciativa que permitirá melhorar a qualidade ambiental desta região e reduzir os custos.

 

 O autarca recordou que a AMAVE a LIPOR são já parceiros antigos e que desta união só resultarão boas sinergias para a região. «A AMAVE e a LIPOR só terão a aprender uma com a outra. Este protocolo irá permitir dar um grande passo na qualidade ambiental desta região e com uma nova e melhor escala poderemos usufruir melhor dos fundos comunitários», referiu.

A estratégia nacional para os resíduos sólidos urbanos, nomeadamente o PERSU II, publicado através da Portaria n.º 187/2007, de 12 de Fevereiro, promove e incentiva o estabelecimento de parcerias entre os Sistemas, na busca de sinergias que permitam o alcançar das Metas nacionais e as Comunitárias para a gestão dos resíduos sólidos urbanos. De recordar que a tarifa dos resíduos deverá, de acordo com o PERSU, ser cobrada através da factura da electricidade – o que só trará benefícios como referiu Castro Fernandes.

A Lipor e a Amave detêm um aprofundado conhecimento e experiência quer na gestão de resíduos sólidos urbanos, quer na administração das infra-estruturas destinadas à recolha e tratamento desses recursos;

É importante e mutuamente vantajoso, o estabelecimento de uma parceria entre as duas organizações, que permita a colaboração e a partilha de saberes e experiências, aplicando-os na realização de estudos e projectos no âmbito do escopo estatuário de cada uma das entidades.