A fadista Mariza veio até ao Norte de Portugal nas noites de 26 e 27 de Novembro para uma dose dupla de concertos no Coliseu do Porto.

14 anos depois da sua estreia em disco, e mais de um milhão de discos vendidos e com edição em mais de 35 países, Mariza tem recebido vários prémios nacionais e internacionais e realizado inúmeras digressões mundiais nas salas mais prestigiadas a nível mundial.

Mundo, o mais recente trabalho de estúdio da fadista e que marcou o seu regresso aos discos de originais, após um interregno de cinco anos, foi o mote para a tournée mundial que agora se aproxima do fim. Este disco produzido por Javier Limón (vencedor de vários prémios Grammy) é o sexto álbum de Mariza , “um disco que traz lá dentro o mundo inteiro”, composto por 14 temas de autores tão díspares como AC Firmino, Rosa Lobato Faria, Miguel Gameiro, David Mourão-Ferreira, Paulo de Carvalho ou Pedro Jóia e no qual a fadista é acompanhada por José Manuel Neto, Pedro Jóia, Charlie Mendes, Alfonso Pérez, Isabel Suárez “Pira´na”, Joel Pina, Rui Veloso, Javier Limón e Carlos Leitão.

Nos concertos do Coliseu, a cantora percorreu os temas mais antigos da carreira, mas deu destaque especial às mais recentes músicas de Mundo. Para além dos incontornáveis Ó Gente da Minha TerraO Tempo não Pára, Maldição, Rosa Branca, Paixão, Mariza cantou ainda Chuva, Barco Negro, Alma, Rio de Mágoa, Sem Ti, Caprichosa, Missangas, Adeus, Melhor de Mim, Ainda o Sol na Minha Rua, Fadista Louco, entre outros.

Mariza esteve muito comunicativa com o público, corrigindo erros nas cantorias da sala, e fazendo as habituais brincadeiras de homens versus mulheres, nos desafios de quem quanta mais alto. Falou do seu novo trabalho, que teve nestes espetáculos especial destaque, e falou da pausa nos discos de 5 anos. Num momento de enorme ternura, no início do encore desceu as escadas do palco e falou de como aprendeu a imensidão do amor aquando do atribulado nascimento do seu filho, a quem pegou ao colo para cantar uma doce melodia de embalar.

Ainda no encore Mariza desceu pela ala central da plateia e cumprimentou dezenas de pessoas, demonstrando uma proximidade cada vez maior com os seus fãs e uma empatia que se vai solidificando com o tempo.

No Coliseu do Porto, Mariza teve a companhia da sua família, que em ambos os concertos ocupou lugar de destaque na plateia. Rui Veloso marcou presença na noite de 5.ª feira, e as redes sociais destacaram a presença do guarda-redes do F.C. Porto, Iker Casillas, e da mulher Sara Carbonero, fã assumida de Mariza.

A digressão mundial de Mundo terminará em Lisboa com concerto a 7 de Dezembro no MEO Arena.

Texto: Joana Vaz Teixeira
Fotos: Miguel Pereira

Fotogaleria (clica nas imagens para aumentar)
{phocagallery view=category|categoryid=119}