Manuel Barbosa foi eleito o 3º melhor treinador da categoria de Alto Rendimento, no Congresso/Encontro da Associação Nacional de Treinadores de Voleibol, que teve lugar na Universidade do Porto.

A eleição feita pelos próprios treinadores presentes no congresso ditou que Alberto Neves, treinador do Ala Gondomar da Divisão A2, arrecadasse o primeiro lugar, seguido Rogério de Paula, treinador a equipa sénior do Vitória S.C..manuel-barbosa.jpg

Manuel Barbosa, campeão nacional A1 e vencedor da Taça de Portugal pelo Clube Académico da Trofa ficou-se pelo terceiro lugar, prémio que reconhece o trabalho desenvolvido por si e restante equipa técnica durante a temporada passada.

Em declarações ao NT, o técnico reforçou a "alteração sistemática de critérios de ano para ano" desta eleição e mostrou-se satisfeito com o prémio obtido, "sinal que todo o trabalho é reconhecido".
No entanto, Manuel Barbosa sublinhou que, "todo o empenho desenvolvido por toda a equipa técnica e jogadoras merecia mais que o 3º prémio", assim como em anos anteriores. "Em três anos, o Clube Académico da Trofa venceu cinco dos seis troféus possíveis", afirmou o treinador que relembrou ainda que há dois anos, em que o CAT foi campão nacional e vencedor da Taça de Portugal, o prémio foi atribuído a um técnico da Divisão A2 e no ano passado, em que o CAT foi vencedor da Taça de Portugal, o prémio foi atribuído ao treinador da A1 que foi campeão nacional pelo Sports Madeira. Uma explicação possível para não ter arrecadado o primeiro prémio nestes três anos poderá ser "a ausência do CAT no congresso".