Câmara da Trofa assinalou na segunda-feira, dia 3 de junho, o Dia da Criança, convidando os alunos das escolas do concelho a passarem um dia diferente na Academia Municipal Aquaplace.

 Foram mais de duas mil as crianças que assinalaram o seu dia, com muita alegria, brincadeira e diversas atividades. Na ação dedicada aos mais pequenos, além dos jogos, também decorreram ações de prevenção na área da toxicodependência, em colaboração com o Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT), que consistiu em ações de sensibilização e divulgação de procedimentos e programas de prevenção primária, adequados às faixas etárias das crianças do pré-escolar e primeiro ciclo, e exibição de binómios cinotécnicos da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Beatriz Queirós, do 4º ano da Escola Básica (EB) da Estação do Muro, contou que, numa das demonstrações, uma colega da sua turma se escondeu “dentro de uma caixa”, enquanto que o cão “andava à sua procura” através do olfato. Quando a encontrou, “ladrou e recebeu uma recompensa”.

Enquanto uns preferiram andar a cavalo, os mais radicais ansiavam pelo rapel. Foi o caso de Henrique Mendes e Diana Teixeira, do 3º ano da EB de Finzes, que gostaram muito de andar a cavalo e “não” tiveram medo. Já Alexandre Rodrigues, Vítor Sousa e Alexandre Salia, do 4º ano da EB1 de Finzes, preferiram o rapel, por acharem “muito radical” e gostarem de “descer sítios altos”.

As ações contaram ainda com a participação do Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro/Unidade de Intervenção da GNR. Segundo o capitão Flávio Sá, comandante do Destacamento de Santo Tirso da GNR, a sua participação nestas iniciativas serve para mostrar às crianças “as várias valências que a guarda possuiu”, sendo uma forma destas interagirem com esses meios. “Aproveitando o Dia Mundial da Criança, conseguimos dar algo novo e diferente que elas não estão habituadas de ver na guarda e penso que o feedback está a ser muito positivo”, declarou.

A exemplo de outras iniciativas, a Federação das Associações de Pais da Trofa (FAPTrofa) associou-se, por achar ser “muito importante poder comemorar o Dia da Criança no concelho”. José Maria Oliveira, presidente da FAPTrofa, lamentou que “algumas” escolas não tenham aderido, no entanto fará chegar às crianças, “essencialmente aos jardins de infância”, uma “lembrança”. “Com os momentos que estamos a atravessar, isto para as crianças é fundamental e acho que enquanto pudermos proporcionar-lhes este tipo de atividades é excelente”, frisou.

Para Joana Lima, presidente da Câmara Municipal da Trofa, esta foi uma forma de proporcionar “um dia diferente e feliz” às crianças, assinalando o seu dia. “Programas deste tipo só vêm trazer mais-valias às crianças, porque não só estão a brincar, como estão a aprender mais do que aquilo que estão habituados no seu dia a dia”, concluiu, mencionando a “animação e felicidade estampada nos rostos da criança”.

A autarquia trofense entregou a cada criança do ensino básico o livro “Índio Bolha”, conto vencedor da edição 2011 do Concurso Literário da Trofa. Já aos mais novos um livro para colorir. De forma a assinalar o Dia do Ambiente, também foi entregue um livro, com diversas atividades, para sensibilizar os mais novos.

Este dia encerrou com uma mega aula de aeróbica infantil dinamizada pelos professores do Aquaplace.