A 2ª fase do Parque das Azenhas, a construção de um eixo rodoviário entre as EN 14 e 104 e a criação do Museu de Arte Sacra são os projetos que sustentam a recandidatura de Joana Lima à Câmara da Trofa pelo Partido Socialista.

“No rumo certo. Com determinação”. É este o lema da recandidatura de Joana Lima à Câmara Municipal da Trofa. O Partido Socialista não esquece a sua vitória nas autárquicas de 2009, por isso fez-se representar pela maior figura num jantar que, segundo a organização, juntou cerca de 1500 pessoas num dos pavilhões da Rua do Poente, no Alto da Sapateira, em Santiago de Bougado.

António José Seguro, secretário-geral do PS, esteve ao lado de Joana Lima e ouviu-a falar dos projetos que vão sustentar a recandidatura. Um deles está previsto ser integrado numa candidatura ao QREN 2014-2020 e passa pela “2ª fase do Parque das Azenhas, entre o Pinheiral, em Santiago de Bougado, até ao lugar do Bicho, em Guidões”. outra das candidaturas será para “criar um Museu da Arte Sacra”, para “dignificar” o “grande bem imaterial” que existe no concelho, com raízes em S. Mamede e S. Romão do Coronado.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.