iluminacao-conde-s-bento 

Passadeiras vermelhas, mais de quatro centenas de pinheiros de Natal naturais e milhares de luzinhas já enfeitam o centro da cidade da Trofa. A Rua Conde S. Bento, D. Pedro V, Infante D. Henrique, Abade Inácio Pimentel, Costa Ferreira e João Paulo II são os principais eixos comerciais da cidade onde este ano o Natal se quer “tradicional”, sendo este o mote para as ornamentações de 2009.

Desde a passada segunda-feira que a autarquia já prepara a decoração natalícia no concelho e esta quarta-feira foi já instalada uma árvore de Natal com vários metros de altura em plena rotunda do Catulo, no centro da cidade. E quem passa na Rua Conde S. Bento já tem a oportunidade de apreciar nova iluminação de Natal, que este ano prima pela diferença. Passadeiras vermelhas e centenas de pinheiros de Natal ornamentam as principais ruas da cidade. As opiniões dos trofenses dividem-se, mas para a maioria a rua está “mais bonita”.

Mónica Faia, comerciante na Rua Conde S. Bento, já convive lado a lado com os novos enfeites natalícios “que dão outra alegria” à rua e não tem dúvidas de que à noite a decoração irá atrair as pessoas para ver as montras e, quem sabe, ajudar no negócio.

Também Manuel Ferreira já reparou nos novos enfeites que este ano vêm renovar a decoração natalícia, instalada pela autarquia. “De noite fica muito melhor”, afirmou. “Isto vem dar outro visual, temos que inovar e fazer coisas mais bonitas para as pessoas sentirem um Natal mais bonito na nossa terra”, defendeu também Celso Lima.

Compras de Natal no comércio tradicional

Munida de vários sacos de compras de Natal, Aurora Carvalho aproveitou a manhã de quarta-feira para fazer mais umas compras na Rua Conde de S. Bento. Ao contrário da maioria dos trofenses, Aurora Carvalho não se mostrou muito entusiasmada com a nova decoração natalícia e afirmou preferir a dos anos anteriores, mas ainda assim reconheceu que “é melhor esta do que nenhuma”.

Apologista do comércio tradicional, a trofense não abdica de optar pelas compras de Natal neste tipo de comércio, que prefere à azáfama dos shoppings, verdadeiras catedrais de consumo nesta época do ano. Segundo Aurora Carvalho, comprar no comércio tradicional “ajuda os da terra e nos shoppings é muita confusão”.

Este será também o incentivo da autarquia da Trofa, em colaboração com a Associação Empresarial do Baixo Ave – AEBA, que levam a cabo a Campanha de Promoção do Comércio Local 2009. Neste âmbito, o Concurso de Postais volta a realizar-se, de 27 de Novembro a 15 de Dezembro, com as crianças das Escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico e das instituições sociais do concelho a mostram os seus dotes artísticos desenhando e pintando postais de Natal.

Para dinamizar o comércio local, está ainda a decorrer o Concurso de Montras, durante todo o mês de Dezembro, nas principais ruas de comércio do concelho, incentivando as superfícies comerciais a decorar as suas montras com motivos natalícios. Paralelamente vai ter lugar, mais uma vez, a Rota das Rabanadas e, no dia 13 de Dezembro, o Concurso das Rabanadas, no bar junto à Capela Nossa Senhora das Dores, no qual podem participar todos aqueles que querem pôr à prova os seus dotes culinários. Segue-se a Festa da Rabanada, que convida toda a população a realizar as suas compras no comércio da Trofa e a provar as rabanadas que serão disponibilizadas gratuitamente nesse dia.

Nos dias 8, 12, 13 e 19 de Dezembro, as principais ruas de comércio da Trofa vão encher-se com a fantasia do Natal, com a presença do Pai Natal, de muitos duendes, animadores circenses, uma máquina de neve. A Trofinha, a mascote da campanha de promoção do comércio local na Trofa, também será uma presença para levar a magia do Natal aos trofenses.