Durante o mês de setembro estão abertas as inscrições para a Liga de Empresas Futebol de 7, que a Academia de Futebol da Louseira, situada em S. Martinho de Bougado, volta a dinamizar.

Dado ao “muito sucesso” da primeira edição, a Academia de Futebol da Louseira vai dar continuidade à Liga de Empresas de Futebol de 7, que, tal como o ano passado, pretende “possibilitar às empresas o convívio entre funcionários ou clientes”, ao mesmo tempo que “conhecem outros ramos de negócio de outras empresas através de uma prática desportiva e dessa forma motivar os seus funcionários e familiares, possibilitando o desporto saudável, vida saudável e a socialização”.

Este ano, a Liga de Empresas apresenta um formato “um bocadinho diferente”, em que, “numa primeira fase”, as equipas vão jogar “todas contra todas para criar” a Primeira e Segunda Liga. “Uma primeira fase de seleção das equipas que vão integrar a Primeira Liga e uma seleção das equipas que vão integrar uma Segunda Liga, para que o nível competitivo, motivacional aumente para que durante todo o ano, todas as equipas se mantenham motivadas com objetivos quer de subir, como de descer, de ser campeões ou de outras situações que vão surgindo com este novo formato”, explicou Luís Cardoso, responsável pela Academia.

“A ideia” é que a primeira jornada da primeira fase comece no “primeiro fim de semana de outubro” e termine antes das férias do Carnaval. Após as férias, tem início a “Primeira e Segunda Liga, com o formato” que querem “ver desenvolvido ano após ano”.

Segundo Luís Cardoso, “qualquer empresa do concelho ou fora da Trofa” tem a “possibilidade de poderem integrar esta Liga”, podendo formar “uma equipa de uma empresa através da iniciativa da entidade patronal, através de algum movimento de funcionários ou então as próprias empresas abrindo aos seus clientes a possibilidade de as representar na Liga”. Além disso, no regulamento está estipulado “uma série de condicionalismos que obriga que a representação da empresa se faça sentir durante a Liga com equipamentos, um treinador, um responsável da empresa e o nome da empresa”. “Há uma série de questões que têm que ser respondidas. Temos o cuidado de os jogos não serem todos os fins de semana para permitir que a vida familiar das pessoas se possa manter e não seja condicionada em função de uma Liga, pois não somos profissionais, mas com alguma regularidade possam disputar em representação das suas empresas uma Liga contra outras empresas”, mencionou.

Ao terem conhecimento da Liga, na primeira edição houve “outras empresas que se quisessem associar, desportivamente – participando como equipa – ou com apoio e patrocinador, proporcionando aos participantes uma série de benefícios com prémios que vão eventualmente sendo um aliciante para a Liga deste ano”. “Temos uma quantidade de empresas da Trofa e fora do concelho que nos deram alguns bónus, prémios e vouchers que vão estar acessíveis a todos os participantes e prémios especiais para as equipas que eventualmente vencerem a Primeira e a Segunda Liga, a equipa fair-play e melhor marcador e dentro de objetivos que vamos tendo ao longo do ano para aliciar quem participa nesta edição”, concluiu.