A partir desta quarta-feira, 21 de maio, a secretaria da sede de Junta de Freguesia do Coronado, em S. Romão, passa a funcionar no rés do chão do edifício, de forma a “facilitar o acesso às pessoas de mobilidade reduzida”.

Segundo José Ferreira, presidente da Junta de Freguesia do Coronado, a sede foi alvo de “algumas obras de requalificação de interior”, onde foram “revitalizadas duas salas de arrumos” para ser criada “uma nova secretaria de raiz”. “Uma sala de receção onde os funcionários estarão para atender com outras condições e para prestar um melhor serviço de atendimento à população que recorre à sede de Junta de Freguesia”, acrescentou.

O presidente mencionou que o investimento foi “muito residual”, uma vez que “praticamente tudo feito com os funcionários da Junta de Freguesia”, à exceção de “um trabalho de carpinteiro na construção do balcão, a colocação de um vidro e de um lambrim (revestimento nas paredes) na sala de espera para criar outro conforto”. No total o investimento rondou “os 1200 euros”.

José Ferreira acredita que esta alteração será “uma grande mais-valia” e um melhoramento “substancial na qualidade de atendimento à população, sobretudo às pessoas de mobilidade reduzida”. “De forma a que estava a funcionar a secretaria, além de provisória, tinha uma série de escadas e de obstáculos que dificultava quem quisesse aí deslocar-se com dificuldade de locomoção ou em cadeiras de rodas. Já aconteceu a pessoa não ter condições de subir e de ir até à secretaria para ser atendido com a dignidade que merece”, reforçou.

Além disso, “a partir de junho”, os desempregados poderão fazer “as suas apresentações quinzenais em S. Romão”, estendendo a valência do Gabinete de Inserção Profissional, inaugurado em S. Mamede do Coronado no dia 30 de novembro de 2012. “Dividindo nas duas instalações essa valência, as pessoas de S. Romão e de Covelas que recorrem a S. Mamede podem fazê-lo já em S. Romão, não tendo que se deslocar a S. Mamede”, explicou.