Atento ao “perigo iminente” em que a Rua Aldeias de Cima se tem tornado devido à degradação do piso, a Junta de Freguesia de Santiago de Bougado decidiu intervir para dar “segurança” a quem transite por esta via.

De acordo com António Azevedo, presidente da Junta, a obra consistirá na “construção de uma conduta para guiar a água até à caixa” e no alargamento da via.

“Decidimos colaborar nesta obra, já que a Câmara Municipal não tem possibilidades de a fazer tão cedo. Vamos só dar segurança aos condutores, pois esta é uma rua municipal que quase se tornou nacional, tal é o trânsito que passa por aqui”, explicou António Azevedo.

A obra está a ser efetuada em regime de “administração direta” (a Junta comprou o material e contratou mão de obra) e deve custar aos cofres da Junta “cerca de cinco mil euros”.