Cem jovens participaram num magusto organizado pela pastoral juvenil das paróquias de Santiago e S. Martinho de Bougado.

As castanhas assadas, as bifanas no pão, o frango no churrasco e alguns doces fizeram parte da ementa de um convívio entre uma centena de jovens, que se reuniram na casa do padre Serra, em Santiago de Bougado, na sexta-feira.

À volta da fogueira, os jovens, que compõem grupos ligados à pastoral juvenil das paróquias de Santiago e S. Martinho de Bougado, espalharam alegria ao som da música, que aqueceu o ambiente numa noite fria. No fim do convívio, os participantes marcaram presença numa celebração religiosa, na igreja matriz de Santiago de Bougado.

Andreia Gomes, elemento da organização, salientou a importância deste tipo de experiências, que contribuem para “viver ao jeito de Jesus, partilhando as suas vidas, atividades e angústias e formando um grupo de amigos muito grande”. “Com isto pretendemos proporcionar a estes jovens um espaço de convívio para partilharem o mesmo gosto de estarem junto de Jesus e segui-lo naquilo que, para nós, foi um exemplo”, explicou antes de apelar a jovens que queiram fazer parte do grupo. “Falem com os párocos ou com os animadores, que são pessoas acessíveis, e venham experimentar”, desafiou.

Já Bruno Ferreira, pároco de Santiago de Bougado, destacou o “grande trabalho” que tem sido realizado pelos sacerdotes junto da pastoral juvenil da Vigararia Trofa/Vila do Conde e, particularmente, em Santiago e S. Martinho de Bougado. “O objetivo é fazermos atividades que promovam o encontro em comunhão entre as duas paróquias e acho que os resultados são cada vez mais positivos. Este intercâmbio faz muito bem e agora aproveitamos o tempo de S. Martinho, com o magusto”, frisou.

O pároco adiantou que os grupos de jovens vão continuar a desenvolver atividades em conjunto. Quanto aos jovens de Santiago, “estão a preparar uma peça de teatro e a gostar muito”.