quant
Fique ligado

Edição 447

Ação de fiscalização nas obras dos Parques

Publicado

em

Três inspetores da Autoridade Tributária, dois do SEF e oito militares da GNR participaram numa ação de fiscalização no interior das obras dos Parques na Trofa.

Uma fiscalização do SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e da Autoridade Tributaria e aduaneira fizeram parar, por cerca de duas horas, as obras de Requalificação dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro.

O relógio da torre da Capela de Nossa Senhora das Dores marcava as 10 horas da manhã, desta terça-feira, quando dois inspetores do SEF, três da Autoridade Tributária e oito militares do Destacamento de Santo Tirso da GNR fecharam todos os acessos à obra, impedindo os funcionários de sair a fim de dar início à ação de fiscalização que durou até cerca das 12 horas.

A ação teria como objetivo detetar a presença de cidadãos ilegais a trabalhar na obra. De acordo com uma nota enviada ao jornal O Notícias da Trofa (NT), através do Gabinete de Relações Públicas, o SEF “confirma a realização, no dia de hoje (terça-feira) de uma ação de fiscalização conjunta com a Autoridade Tributária e Aduaneira, na cidade da Trofa, com o objetivo de detetar eventuais irregularidades relacionadas com o exercício de atividade/contratação de cidadãos estrangeiros em situação ilegal. No que respeita à área de atuação do SEF, foram identificados 40 trabalhadores, dos quais 34 cidadãos nacionais e 6 estrangeiros. Não foram detetados cidadãos estrangeiros em situação ilegal”.

Fonte policial contactada pelo NT garantiu que “nenhum elemento da Polícia Judiciária participou nesta operação”, confirmando a informação disponibilizada pelo SEF.

Contactada a Autoridade Tributária, remeteu esclarecimentos para o Gabinete de Imprensa do Ministério das Finanças que não respondeu ao email enviado pelo NT mas, via telefone, na tarde de quarta feira, esclareceu que não presta informações sobre este tipo de ações.

Já das empresas Europa Ar-lindo e Alexandre Barbosa Borges, alvo da fiscalização, não foi possível obter qualquer esclarecimento.

Publicidade

 

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 447

Interculturalidade celebrada com almoço

Publicado

em

Por

 

A interculturalidade vai estar em voga na Trofa e no país, no dia 24 de novembro, com a iniciativa “Família do Lado 2013”. Promovida anualmente pelo Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, a atividade visa o intercâmbio entre famílias trofenses e estrangeiras, através do Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII).

“’Família do Lado’ é uma ação que se reveste de um cariz de proximidade entre famílias autóctones e imigrantes através da realização de um processo de construção de uma relação”, afirmou fonte da autarquia. A iniciativa culmina com um almoço, na casa das famílias aderentes, pelas 13 horas, para “a troca de culturas, costumas e tradições”.

Segundo a mesma fonte autárquica, esta atividade “é transnacional e desenrola-se desde 2004, contando com a participação de famílias de vários países nomeadamente Portugal, República Checa, Malta, Itália, Espanha, Hungria, Bélgica e Eslovénia, através da rede CLAII”.

Os interessados em saber mais da iniciativa podem contactar o CLAII, na Rua Conde S. Bento, Centro Comercial da Vinha, ou através do telefone 252 403 690.

Continuar a ler...

Edição 447

Vamos florestar a Trofa! E tu, vais ficar em casa?!

Publicado

em

Por

“Vamos florestar Portugal! E tu, vais ficar em casa?!”. O desafio é feito pela estrutura local do Amo Portugal, que convida os trofenses a passarem “para o lado da solução”, uma vez que os “problemas”, como “os incêndios florestais, a eucaliptização desenfreada, a exploração intensiva, a extração de inertes, as plantas invasoras, o abandono e o despejo ilegal de resíduos não são eternos”.

Nesse sentido, a organização está a preparar uma “manhã cheia de atividades” no dia 23 de novembro, onde vão ser plantadas “árvores autóctones, como Azinheira, Cerejeira-brava, Carvalho-português, Carvalho-negral, Carvalho-alvarinho, Medronheiro, Zambujeiro, Sobreiro, Amieiro, Freixo, Borrazeira-negra, Salgueiro-branco, Ulmeiro, Amieiro, Freixo e Choupo-negro”.

“Já mais de meio Portugal se organiza para Florestar Portugal e a Trofa não é exceção”, avançou fonte da organização, convidando a comunidade trofense a registar-se como voluntário, através do sítio na estrutura local Trofa (http://www.amoportugal.org) ou através de e-mail para (amoportugal.trofa@gmail.com).

Para saber mais informações pode aceder ao blogue (http://amoportugal-trofa.blogspot.pt) ou à página do Facebook (http://www.facebook.com/amoportugaltrofa).

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também