“O Francisco Cruz, pelo que vejo, será um dos próximos superastros do FIFA”, advertiu o mexicano Rubén Zerecero em 2009. O campeão da FIWC09 fez a declaração após uma semifinal renhida contra o jovem jogador português na edição daquele ano da fase final da FIFA Interactive World Cup, disputada em Barcelona.

Então com 14 anos, Francisco Cruz  era o participante mais novo da competição, fato que não o impediu de terminar na terceira posição. Já a previsão de Zerecero na cidade espanhola  transformou-se em realidade nesta quinta-feira, enquanto ele via o craque trofense levantar a taça da FIFA Interactive World Cup 2011 em Los Angeles.

O Chelsea pode ter feito uma campanha decepcionante na temporada 2010/11 da Premier League, mas Francisco conseguiu tirar o máximo dos Blues na fase final da FIWC11 e manteve-se invicto na competição, com oito vitórias, um empate e nenhuma derrota. O inglês Robert Brewster foi o único opositor a arrancar um ponto do campeão, no eletrizante 3 a 3 da primeira ronda da fase de grupos.

Após esse empate, o jogador, de 16 anos, venceu os outros quatro confrontos da primeira fase, passando por Patryk Urbanek (2 a 1), Sergei Polichnoi (3 a 1), Wbeimar Forero (2 a 1) e Rafael Sánchez (3 a 1). Com 13 pontos em cinco jogos, o português terminou na liderança do Grupo C e avançou às quartas de final.

 

Encarando o passado
Francisco Cruz  precisou de se reconciliar com alguns fantasmas quando viu Zerecero terminar na segunda posição do Grupo D. Pelo cruzamento das chaves, o carrasco mexicano seria o seu primeiro obstáculo nas eliminatoria a um jogo . No entanto, enfrentar o adversário que o eliminou na FIWC09 revelou-se tarefa fácil para o adepto do F.C.Porto, que garantiu presença na semifinal com uma vitória por 4 a 1. Superado o passado, francsico Cruz  parecia estar cada vez mais à vontade. Passou sem dificuldades pelo australiano Mark Azzi na semi e goleou o colombiano Javier Muñoz novamente por 4 a 1 na final.

Duelo de titãs na decisão
O ponto alto da competição colocou frente a frente o Chelsea de Francisco  Cruz contra o Real Madrid de Muñoz. O português fez dois golos no primeiro tempo e forçou o colombiano a mexer na equipa. Muñoz acertou ao colocar em campo o argentino Gonzalo Higuaín, com quem  começou a esboçar uma reação. Em resposta às mudanças táticas do rival, Francisco acelerou o ritmo e superou Iker Casillas em mais duas ocasiões, selando o placar da decisão em 4 a 1.

Francisco Cruz voltará para a Trofa  com o primeiro título da FIFA Interactive World Cup da história do seu país. Ele também garantiu o prêmio de  20 mil dolares( cerca de  13800 euros) e uma viagem com acompanhante para a próxima Cerimônia de Gala da FIFA Ballon d’Or.

 

Francisco Cruz tem 16 anos, vive na cidade da Trofa e estuda no colégio da Trofa.

Resultados (9 de junho):
Semifinal 1: Francisco Cruz (Chelsea) 2 x 0 Mark Azzi (Chelsea)
Semifinal 2: Javier Muñoz (Real Madrid) 2 x 1 Adam Winster (Chelsea)
Decisão do terceiro lugar: Mark Azzi (Chelsea) 1 x 0 Adam Winster (Chelsea)
Final: Francisco Cruz (Chelsea) 2 x 1 Javier Muñoz (Real Madrid)

In Fifa.com