s.romao 

O plantel ainda se encontra em aberto, aguardando peças que completem o onze de eleição, mas José Carvalho já tem algumas noções dos elementos que vão compor a equipa para a época  2009/2010. “De forma global vamos remodelar o plantel, que já estava um pouco ‘envelhecido'”.  

A época passada foi algo conturbada para a formação romanense, que foi liderada por três treinadores diferentes, sendo que o primeiro foi José Carvalho, que agora volta às lides da equipa.

O regresso ao clube vermelho e branco aconteceu porque “eu sou de S.Romão e gosto de S.Romão. Tive mais convites para o Gulpilhares, mas era longe, e Gião, onde o futebol é bonito, mas as arbitragens nem tanto, por isso não aceitei. Vim então para o S.Romão, porque gosto deste clube “, garantiu Carvalho.

As mudanças que ocorreram dentro do clube foram também outro dos incentivos ao regresso do treinador, uma vez que “quando eu saí isto estava de uma forma, passaram-se algumas coisas menos boas pelo meio. Neste momento noto maior empenho e interesse ao nível da direcção e é evidente que os directores estão a esforçar-se pela continuação deste clube, que tem história na terra”.

As captações continuam a decorrer, não havendo por isso ainda um plantel definido. “Vamos ficar com alguns elementos do ano passado, mas de uma forma global vamos remodelar o plantel, que já estava um pouco “envelhecido”. Vamos subir dois juniores, aproveitar mais dois juniores provenientes do Gondim, um ou outro do Folgosa e novas caras que aqui apareceram e confesso que temos aqui elementos que nunca pensei que fossem de tão elevada qualidade”.

Quanto a expectativas, Carvalho mostrou-se realista, sem ambições desmedidas. “A minha ambição é ganhar todos os jogos, mas como disse só o desenrolar dos primeiros jogos poderá indicar se podemos ter expectativas mais ou menos elevados. É um plantel que não nos pode garantir resultados imediatos, ainda se estão a conhecer e a entrosarem, mas os primeiros jogos vão ser decisivos para perceber o que poderemos esperar do resto da época”.

O Treinador aproveitou a entrevista do NT para revelar que ainda procuram peças para colmatar lacunas na equipa: “precisamos urgentemente de um bom guarda-redes, já temos um bom, mas é sempre uma peça fundamental, um avançado e um centro campista”. Aos interessados, o clube deixa o convite para comparecerem aos treinos que decorrem às segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 20.30 e as 22 horas.

Adélio Maia, presidente da colectividade romanense, mostrou-se satisfeito e expectante com o regresso de José Carvalho. “Este treinador tem feito um bom trabalho, apesar de na época passada termos tido alguns problemas com alguns jogadores, que acabaram por influenciar negativamente no plantel e na prestação. Sei que faz o que faz tudo o que pode, mas ele não faz milagres”.

“Não temos as melhores condições nem incentivos. Não há relvado, não há bons ordenados, mas é o que temos para oferecer e vamos lutar por este clube cá da terra”.

Apesar destas condições, Adélio Maia não deixa de sonhar com um lugar de destaque para a sua equipa, revelando em tom de brincadeira que “a minha ambição é subir, não vamos para o campo para perder jogos, vamos para ganhar, mas falta alguma coisa para o nosso desejo se cumprir, por exemplo maior convivência com os árbitros”.