José Ferreira é o jovem que agora comandará o futuro da freguesia de S. Mamede do Coronado. Com apenas 38 anos, o candidato socialista mereceu a confiança dos mamedenses e destronou Modesto Torres que ocupava o cargo de presidente de Junta há já três mandatos.

O Partido Socialista conseguiu um “resultado histórico” em S. Mamede do Coronado, com a candidatura de José Ferreira. Modesto Torres, candidato pelo PPD-PSD foi o derrotado da noite que obteve 36,57 por cento dos votos (933) dos mamedenses, contra 49,67 por cento dos votos (1267) do candidato socialista. Conseguiu, por isso, a eleição de cinco mandatos, contra quatro do PSD.

Em relação às eleições autárquicas de 2005 as posições inverteram-se: na altura Modesto Torres arrecadou 49,83 por cento dos votos, enquanto que José Ferreira perdia com 31,76 por cento da votação.

jose-ferreira-1

José Ferreira festejou a vitória em S. Mamede do Coronado com a sua equipa e, em entrevista exclusiva ao NT/TrofaTv, mostrou estar “emocionado” com o “resultado histórico” conseguido a freguesia pelo PS e prometeu estar à altura do cargo. “As pessoas corresponderam com o seu voto e nós vamos tentar estar à altura, estaremos aqui para assumir essa responsabilidade e vamos fazê-lo com todo o empenho e da melhor forma possível”, afirmou.

Mas a vitória nestas eleições autárquicas “é fruto do trabalho de equipa que tem sido feito já ao longo dos últimos meses, mesmo antes de se iniciar oficialmente a campanha”, garantiu o novo presidente da Junta, lembrando a sua equipa. “Tenho uma excelente equipa, composta por pessoas que trabalharam comigo, com quem eu tenho uma grande estima e tenho de lhes agradecer porque este esforço foi em conjunto”, acrescentou.

Ferreira tem “consciência de que é uma grande responsabilidade”, mas depois de passada “a mensagem a todos os mamedenses” e de ter protagonizado a mudança em S. Mamede do Coronado, o socialista acredita que trará para a freguesia “alguma dignidade”.

“Os mamedenses perceberam que realmente nós éramos uma alternativa credível, a alternativa à actual governação na freguesia de S. Mamede do Coronado. Perceberam a dada altura que a freguesia estava sem rumo e que precisava de alguém que trouxesse outra dinâmica e compreenderam que o PS era a equipa que reunia todas essas condições”, explicou.

Quanto à mudança protagonizada por Joana Lima, José Ferreira adiantou que esta “é uma dupla vitória” e que o trabalho continuará a ser feito “em conjunto”. “Trabalhamos sempre em conjunto quer nós aqui na nossa freguesia, quer mesmo na Trofa com a Joana Lima. E agora iremos trabalhar em conjunto, para dar outra dinâmica ao concelho da Trofa e à freguesia de S. Mamede do Coronado”, declarou.

Quanto aos projectos que pretende realizar já na tomada de posse da Junta de Freguesia, José Ferreira preferiu não adiantar nenhuma obra a iniciar, contudo garantiu que “o primeiro passo” será “tentar cumprir os compromissos que assumidos com os mamedenses”.

Contactado pelo NT, Modesto Torres preferiu não comentar os resultados obtidos no escrutínio.

Quanto aos restantes partidos na corrida à Assembleia de Freguesia, a CDU obteve 2,98 por cento da votação e o CDS-PP arrecadou 9,13 por cento dos votos.