Quando pensava que estava eliminado do programa da TVI “Rising Star- A Próxima Estrela”, o trofense Joaquim Cunha foi surpreendido pela apresentadora Leonor Poeiras que lhe entregou uma 2.ª oportunidade no programa. O trofense “não estava nada à espera” desta nova oportunidade, mas sentiu-se “muito feliz” e “orgulhoso”, pois isto significava que “tinha valor”.

Para continuar no programa, Joaquim Cunha tinha que vencer o duelo com Flávia Neto, que também recebeu uma 2.ª oportunidade, no dia 8 de junho. Joaquim Cunha foi o primeiro a atuar com a música Use Somebody de Kings of Leon, obtendo 73 por cento da votação, sem contar com os jurados que, nessa noite, não podiam votar.“Estive muito mal nesta atuação, pois estava doente e estava muito nervoso com receio de desiludir o meus apoiantes”, contou, declarando que “não” temeu não conseguir se manter no programa, tendo-se concentrado no “que mais gosta de fazer”.

Seguiu-se Flávia Neto com a canção Criatura da Noite do grupo Entre Aspas, obtendo apenas 62 por cento dos votos. Quando o ecrã não levantou durante a atuação da Flávia, Joaquim Cunha sentiu um misto de emoções. “Senti-me triste porque a Flévia era acima de tudo uma amiga, mas fiquei feliz por voltar ao programa”, referiu.

Já neste domingo, os duelos vão estar de volta ao programa e para que Joaquim Cunha continue vai precisar que a comunidade “vote em massa” em si. Para poder votar no jovem trofense basta fazer o download gratuito da aplicação Rising Star – A Próxima Estrela na Apple App Store, Google Play ou Windows Store e registar-se utilizando o login do seu Facebook. Durante o programa precisa de estar ligado à aplicação e antes de cada atuação, quando aparecer o aviso no ecrã, fazer o check-in para poder votar. Para que o concorrente continue no programa tem que deslizar a seta azul. O voto é gratuito.