Depois de mais de 30 anos como político assíduo ligado à Assembleia Municipal da Trofa, em que se registam apenas três anos de intervalo para representar a Assembleia Municipal de Santo Tirso, João Fernandes foi eleito para substituir António Pinto de Almeida na presidência do órgão autárquico máximo.

O neurocirurgião, que tomou posse no dia 30 de Outubro, renunciou ao mandato, justificando a decisão com motivos de ordem pessoal e, contactado pelo NT/TrofaTv, preferiu não divulgar as razões da sua decisão. Pinto de Almeida cede assim o lugar ao socialista.

Sem deixar de proferir palavras de “reconhecimento ao trabalho desenvolvido por Daniel Figueiredo”, João Fernandes, que exerceu funções como membro da Assembleia Municipal eleito pelo Partido Socialista, mostrou-se satisfeito com o novo cargo que lhe foi atribuído. “É o culminar de uma grande actividade que eu tive do ponto de vista político e partidário, é momento para dizer que tive muitas actividades políticas, fui dirigente sindical, fui vereador, fui deputado na Assembleia da República, membro e vereador da Assembleia Municipal de Santo Tirso”, recordou.joao-fernandes

Em entrevista ao NT/TrofaTv, o socialista, que conhece bem o funcionamento da Assembleia Municipal, não adiantou “ambições especiais” para o mandato, mas apontou como maior desafio “fazer o melhor possível no desempenho do papel para que a Trofa seja cada vez mais Trofa e mais desenvolvida”. Ciente da responsabilidade do cargo que agora desempenha, João Fernandes sublinhou o papel do órgão autárquico ao qual preside: “É um órgão que fiscaliza as acções do executivo camarário, mas ao mesmo tempo colabora com o mesmo na prossecução dos seus objectivos”.

Daniel Figueiredo, eleito membro da Assembleia Municipal pelo PSD, renunciou ao mandato, sendo substituído por Alexandra Ferreira. Já Henrique Carneiro, do PSD, pediu a suspensão do mandato por 365 dias, sendo substituído por Martinho Ferreira e Ana Catarina Dantas, do PS, foi substituída por Teresa Lopes, por ter solicitado a suspensão do mandato por um período de 60 dias.