Rojões à moda do Minho e fado foram os ingredientes para o convívio, que o Rancho Folclórico da Trofa organizou na noite de sábado, 10 de maio.

A Viela do Rancho da Trofa serviu de palco para os fadistas Linda Carvalho, Ercília Araújo, Jaime Martins e Constantino Reis, acompanhados por Rogério Rocha (na viola) e Armindo Machado (na guitarra), que encantaram todos os presentes com os temas apresentados.

Este foi um dos momentos altos da noite de fados organizada pelo Rancho Folclórico da Trofa no sábado, 10 de maio, na sede da coletividade, situada na Urbanização da Barca, em S. Martinho de Bougado.

A noite começou com o jantar, que tinha como ementa os rojões à moda do Minho, que, segundo o presidente do Rancho, Fernando Jesus, estavam “uma delícia”.

Fernando Jesus declarou que este evento tinha como objetivo “angariar fundos” para “a realização de obras” e para “a manutenção do grupo, que tem bastantes despesas ao longo da época”, adiantando que “provavelmente irá realizar mais” ao longo da época”. “Se as associações não organizarem este tipo de eventos mais vale fechar portas, porque se estamos à espera que a Câmara nos dê algum auxílio, e irá dar com certeza, mas não será aquilo que a gente necessita. Temos que trabalhar”, justificou.

O presidente contou que a noite “correu lindamente”, estando “toda a direção satisfeita” por “tudo estar a correr muito bem, tanto a nível de participantes como de pessoas convidadas para trabalhar”. “Está a ser inesquecível. Não contava que a adesão fosse tão grande. Agradeço imenso ao povo da Trofa, às pessoas a quem batemos à porta para colaborar connosco. Sempre que precisem da nossa associação estamos disponíveis, se possível, para apoiar também”, avançou.

Quanto à aprovação do subsídio em reunião de Câmara para a realização de obras, no valor de 6850 euros, Fernando Jesus mencionou que “está satisfeito”, pois essa verba é necessária para resolver os “vários problemas a nível de infiltrações”. “Já nos vai dar uma grande ajuda para fazer a obra que tanto ansiávamos”, concluiu.