Select Page

Instituições apresentam projeto à Missão Sorriso

Instituições apresentam projeto à Missão Sorriso

Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa, Santa Casa da Misericórdia da Trofa e a ASAS apresentaram candidatura na edição 2014 da Missão Sorriso. Ajude as associações, votando online.

Desde 2012, que a Missão Sorriso tem apoiado projetos de todos os distritos do país, nas áreas da saúde, do envelhecimento ativo e da luta contra a fome. Através da venda de produtos da Leopoldina nas lojas Continente, entre outras formas de angariação, a Missão Sorriso doa verbas que são utilizadas em projetos que promovem a melhoria da qualidade de vida de crianças, seniores e famílias carenciadas.
No sítio oficial da Missão Sorriso (https://missaosorriso .continente.pt/projetos-missao-sorriso/2014) pode conhecer os projetos a concurso e votar no seu favorito, ajudando a fazer sorrir quem mais precisa.
Depois de no ano passado ter sido uma das vencedoras da Missão Sorriso com o projeto “Caixa de Sorrisos”, a Delegação da Trofa da Cruz Vermelha Portuguesa decidiu participar novamente e na área da luta contra a fome. “Porta de Sabores – Janela Solidária” é o nome do projeto, que surge por “a resposta ao nível de cantina social não ser suficiente para a população carenciada do concelho”.
Com este projeto, a delegação pretende “reestruturar a resposta existente e passar a servir o dobro das refeições, os sete dias por semana, promovendo o empreendedorismo e inclusão dos utilizadores”. “A nova cantina social será um espaço integrado numa resposta de banho e pernoita e permitirá diminuir as situações de carência do concelho, promovendo o bem-estar integral de todos os utilizadores, emancipando-os”, pode ler-se na descrição do projeto.
Já no âmbito do envelhecimento ativo, a Santa Casa da Misericórdia da Trofa apresentou o projeto “HUMANUS”, que visa “implementar uma nova abordagem aos cuidados prestados a idosos, com base na Metodolo-gia Gineste-Marescotti associada à Terapia multisensorial Snoezelen, que envolve cuida-dores formais e informais e pessoas cuidadas das duas Estruturas Residenciais existentes e do Serviço de Apoio Domiciliá-rio”. “Para que estas pessoas do Apoio Domiciliário possam ser in-tegradas no conjunto das ações, propomos a aquisição de uma viatura adaptada”, pode ler-se.
A ASAS – Associação de Solidariedade e Ação Social de Santo Tirso – apresentou um projeto na Missão Sorrisos, mas no âmbito da promoção da saúde e bem-estar da criança. Com o projeto “Mães Felizes – Espaço destinado ao acompanhamento e preparação de jovens mães, mães grávidas e sua família”, a ASAS pretende que as grávidas “vivam este momento intensamente, cheias de afeto e segurança, dando verdadeiras ASAS à VIDA”. “Conscientes do aumento da taxa de risco de pobreza das famílias e, especificamente, o impacto nas jovens mães ou mães adolescentes e sua família, da relação entre os recursos que existem na comunidade e as necessidades específicas desta população, este projeto visa a criação de um Espaço de Apoio a Jovens Mães, Mães grávidas e sua família, com vista à promoção dos cuidados de saúde e bem-estar da criança”, lê-se na descrição do projeto.

Videos

Loading...

Siga-nos

1ª página da edição papel

Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao navegar está a permitir a sua utilização