O Trofense foi primeiro classificado da série dois da 1ª divisão distrital, com 69 pontos, mais dez que o Penafiel, a outra equipa apurada para a próxima fase, onde terá de defrontar, para além da formação da Trofa, o Porto e o Boavista, os dois apurados da série um.

   Os infantis do Clube Desportivo Trofense sagraram-se campeões de série, no passado sábado, ao vencerem o Paredes. O triunfo foi só a "cereja no topo do bolo", já que a presença na próxima fase já estava garantida desde há algumas jornadas.

O Trofense foi primeiro classificado da série dois da 1ª divisão distrital, com 69 pontos, mais dez que o Penafiel, a outra equipa apurada para a próxima fase, onde terá de defrontar, para além da formação da Trofa, o Porto e o Boavista, os dois apurados da série um.

Na última jornada os quatro apurados despediram-se do campeonato com vitórias. Enquanto que o Trofense foi feliz frente ao Paredes, o Penafiel goleou o Académico Amarante, por 0-4. Já o FC Porto goleou o Avintes por 0-11 e o Boavista triunfou frente ao Oliveira do Douro, por seis golos sem resposta.

O Complexo de Paradela, na Trofa, encheu-se para assistir ao último jogo do campeonato dos pequenos craques e nem mesmo a claque do CD Trofense faltou.

Os atletas encararam o jogo com muita ambição, mas apenas conseguiram chegar ao golo na segunda parte. O excelente campeonato feito pelos atletas foi premiado com o tento apontado por Cenoura, na sequência de uma grande penalidade.

No final da partida, os sorrisos estampados na face dos jovens e responsáveis pela equipa evidenciavam sentimento de dever cumprido: premiar os pais e restantes adeptos com uma vitória.

Extremamente satisfeito com o desfecho deste período, Ruben Carola, treinador da formação trofense, referiu que "agora que venham os jogos difíceis. Fomos campeões de série e na próxima fase queremos evoluir e fazer boa figura". Mas para isso o técnico alerta "é preciso que as pessoas apareçam". Apesar da equipa contar com a presença dos pais dos jogadores "pessoas excelentes", nunca é demais apelar para as pessoas apoiarem os jovens.

Relativamente ao jogo com o Paredes, Ruben Carola afirmou que "foi excelente, os miúdos estiveram muito bem. Eles encararam a partida para ganhar e é preciso continuar assim, manter a mesma vontade".

Já o marcador de serviço da formação da Trofa, Cenoura assegurou ao NT que estava feliz "não só por ter marcado o golo, mas principalmente por sermos campeões. Jogamos melhor que o Paredes, que teve poucas oportunidades e as que teve foram resolvidas pela nossa equipa".

O pequeno craque preferiu dar ênfase ao colectivo e sublinhar que "o lugar que conseguimos foi resultado de um trabalho da equipa toda ao longo da época".

Por seu lado, Manuel, capitão de equipa agradeceu "aos treinadores, directores e companheiros de equipa" pelo feito alcançado. O médio aproveitou ainda para afirmar que o seu ídolo é o companheiro de equipa Reis.