carro-incendiado 

Depois de furtarem uma viatura de marca Fiat Uno na Maia, desconhecidos assaltaram café em Fradelos, abandonaram e incendiaram o carro em S. Mamede do Coronado, na madrugada de sábado.

Tudo aconteceu de madrugada, mas apenas na manhã de sábado um carro, de marca Fiat Uno, completamente destruído pelo fogo suscitou a curiosidade dos residentes na Rua de Mendões, em S. Mamede do Coronado. Apenas uma mulher, residente daquela rua, que preferiu manter-se sob o anonimato, assistiu ao incêndio que deflagrou cerca das 2.45 horas da madrugada. Uma chamada anónima terá sido o “despertador”. “Estava a dormir e acordei com um telefonema a dizer que estava um carro a arder à porta da minha casa”, contou, em declarações ao NT.

Naquela madrugada os vizinhos não se aperceberam de nenhuma movimentação estranha na rua, mas, segundo o NT conseguiu apurar junto do pai da condutora do veículo, a viatura tinha sido, alegadamente, furtada por um grupo de indivíduos na sexta-feira à noite em S. Pedro de Avioso, na Maia, e utilizada num assalto a um café em Fradelos, Vila Nova de Famalicão. De acordo com Manuel Oliveira, a filha tinha saído da cabeleireira, em S. Pedro de Avioso, cerca das 23 horas, quando se apercebeu que lhe tinham furtado o carro. Horas mais tarde, Manuel Oliveira recebia a indicação da GNR de que o carro tinha sido usado num assalto a um café e suspeita-se que sejam os mesmos indivíduos os autores do furto de uma viatura de marca Honda Civic junto à Igreja de S. Mamede do Coronado na mesma madrugada. Os indivíduos terão abandonado o Fiat Uno na Rua de Mendões, tendo-lhe ateado fogo.

A viatura foi completamente consumida pelas chamas, que foram extintas pelos Bombeiros Voluntários da Trofa, que mobilizaram uma viatura e cinco homens para o local, onde esteve ainda a GNR e a Polícia Judiciária.