Estava agendada para o segundo dia de Setembro, mas por problemas que se prenderam com a incompatibilidade de horários, o Bougadense decidiu adiar a inauguração do relvado sintético e apresentação do plantel para o dia 8 do mesmo mês, ou seja, um dia antes da jornada inaugural do campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto, no qual o Bougadense recebe o Arcozelo.

  Esta inauguração vai ser marcada por grande simbolismo, já que para além de todos os adeptos e simpatizantes verem cumprida uma promessa de José Olgário, aquando a sua tomada de posse, a aquisição do terreno, podem também confrontar-se com um campo renovado, com relva sintética.

Sobre este assunto António Azevedo, presidente da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, sublinhou a importância do trabalho do presidente do clube: "apesar de ter tido a ajuda, quer da Junta de Freguesia, quer da Câmara Municipal, José Olgário foi o mentor de tudo, foi quem mais se esforçou para que tudo se tornasse realidade, desde a aquisição do terreno até à colocação do piso".

O problema relativo ao terreno em que está instalado o Parque de Jogos da Ribeira, ficou resolvido graças à intervenção de António Azevedo, que confrontado apenas "com a matriz do terreno nas finanças", decidiu "contactar um advogado e colocar o local no nome da Junta, que o cedeu, gratuitamente ao Bougadense, por 25 anos".

Graças ao "incansável esforço" demonstrado pelo presidente do emblema bougadense, a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal da Trofa fizeram um acordo com a direcção do clube, em que as duas entidades comparticipam com verbas avultadas para as obras, restando uma parcela, que é da responsabilidade o Bougadense.