Um carro foi esta terça-feira de manhã, cerca das 10.45 horas, encontrado parcialmente mergulhado no Rio Ave, no lugar do Bicho, na freguesia de Guidões, na Trofa.

Filipe Coutinho, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários da Trofa, em declarações exclusivas ao NT, afirmou que receberam um alerta no quartel cerca das 10.45 horas, de que uma viatura estava mergulhada no rio. A equipa dos bombeiros assim que chegaram ao local e constataram a veracidade dos factos, mas não havia nenhuma vítima no local.

No local estiveram os Bombeiros Voluntários da Trofa, que patrulharam de barco as margens do rio, a GNR da Trofa, uma equipa de mergulhadores dos Bombeiros de Vila Conde, que  efectuaram vários mergulhos. A GNR e a Policia Judiciária tentaram recolher indícios do homem na viatura. 

carrinha-agua

A viatura, uma carrinha Seat Inca, foi retirada do Rio Ave com a ajuda de um tractor, tendo sido mais rebocada do local, ecnontrando-se agora nas instalações da Polícia Judiciária do Porto. A vítima chama-se Diamantino Rodrigues, tem 46 anos de idade, e é dono de um talho no edifício das Lameiras, em Vila Nova de Famalicão.

Segundo um amigo da vítima, que se encontrava no local, o homem ainda terá ligado a pedir socorro, mas a chamada telefónica caiu e nunca mais conseguiu contactá-lo. A mesma fonte afirmou ainda que o homem tinha um encontro marcado na Trofa com alguém para cobrar uma dívida no valor de 17 mil euros por compra de carne no talho.

Reportagem alargada na próxima edição do NT, quinta-feira nas bancas.