Um homem de 71 anos foi esta segunda-feira encontrado sem vida em S. Romão do Coronado. O alerta foi dado cerca das 11 horas pela esposa que o encontrou preso pelo pescoço, num anexo da casa.

 

A tragédia abateu-se esta segunda-feira sobre a Rua da Costa, na Freguesia de S.Romão do Coronado. José Pinto, de 71 anos, foi encontrado sem vida, num anexo, com sinais de morte por enforcamento. Foi a esposa que ao regressar a casa depois de uma sessão de fisioterapia, encontrou o marido suspenso com uma corda ao pescoço.

Segundo alguns populares o homem já teria tentado algumas vezes por termo à vida. Andava um pouco desanimado pois desde que há cerca de três anos foi vítima de um acidente de viação nunca mais pode fazer uma vida normal.

Luís de Magalhães, vizinho e amigo do homem “não esperava esta reacção” e também não tinha conhecimento da intenção de José Pinto se querer matar. “Eu falava quase todos os dias de manhã com ele, porque vinha quase sempre dar uma volta e falava com ele, mas não esperava isto”, afirmou.

No entanto confirmou ao NT/TrofaTv que há alguns anos que José Pinto “andava desanimado”. “Ele teve um acidente há alguns anos e penso que tinha metade da cabeça parada e por isso andava mais desanimado com a vida”, contou.

Segundo alguns populares esta intenção de por termo à vida era mesmo verdadeira, visto que José Pinto já tinha tentado fazê-lo algumas vezes, mas sem sucesso. Para os vizinhos o “problema” estaria na diminuição da sua capacidade de trabalho depois do acidente.

Os Bombeiros Voluntários da Trofa assim como uma equipa médica do (INEM) Instituto Nacional de Emergência Médica do Hospital de S. João já nada puderam fazer por José Pinto que já se encontrava sem vida.

A Guarda Nacional Republicana esteve no local para registar a ocorrência. O corpo foi transportado para o Gabinete Médico-legal de Guimarães para ser autopsiado.