arquivo

Trofa recebe a 73ª edição da Volta a Portugal. O concelho será palco da primeira etapa no início de agosto.

A zona da nova estação da CP da Trofa é o ponto de partida do pelotão mais conhecido a nível nacional. A 73ª Volta a Portugal arranca no dia 5 de agosto por terras trofenses e passará por várias cidades portuguesas, cuja meta estará em Oliveira do Bairro.

Ciclistas, técnicos, organizadores e amantes do ciclismo vão reunir-se para aquela que será a primeira vez que o concelho recebe o início da primeira etapa da maior prova velocipédica em Portugal.

A prova inclui ainda uma partida, uma chegada e uma passagem da Volta pela Trofa, num prazo máximo de três anos, num investimento por parte da Câmara Municipal da Trofa de 15 mil euros, uma vez que os restantes 85 mil euros são financiados pelo projeto de requalificação dos parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, cuja candidatura foi aprovada no âmbito do ON2. Fonte da autarquia refere que com a realização desta etapa, “o nome da Trofa é, uma vez mais, reconhecido a nível nacional”.

Assim, a concentração está prevista para as 10.30 horas, junto à Estação da CP. A partida simbólica está agendada para as 12.30 horas, com os ciclistas a rumarem até à Avenida de Paradela, no cruzamento junto à Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, seguindo em direção à Casa do Porto. A Rua João de Deus, a Rua Comandante Sacadura Cabral, a Avenida de Mosteirô, o Parque Nossa Senhora das Dores/Dr Lima Carneiro, a Rua Abade Inácio Pimentel e a Rua João Paulo II são outros dos locais onde vão passar os ciclistas para rumar à aldeia da Abelheira e daí seguirem para Santo Tirso.

O município recebe, assim, a Feira da Volta e o programa da RTP Verão Total, que todos os anos acompanha a par e passo esta prova. Este é um espaço de interação com o público em ambiente de diversão e permite que os espetadores ou visitantes fiquem a conhecer um pouco mais do concelho, bem como da gastronomia e da restauração locais.

A autarquia trofense aproveita a realização deste evento para “promover o turismo, o património cultural, o comércio local e o convívio”. A isto alia-se ainda o aumento da “oferta desportiva” do concelho.

Esta iniciativa está integrada na Requalificação Urbana dos parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, abrangida pela Candidatura ao Programa de Ação (PRU/2/2008) – Grandes Centros”, no âmbito do instrumento de Política “Parcerias e Regeneração Urbana”, inscrito no Eixo IV – Qualificação do Sistema Urbano do Programa Operacional Regional do Norte, com um investimento elegível total de 9.383.500,00 euros, cujo financiamento FEDER corresponde a 85 por cento e uma contrapartida local correspondente a 15 por cento.

João Martins

 {fcomment}