Na partida que opôs dois "aflitos" mais feliz saiu o Rio Tinto, que já satisfeito com o empate no Parque de Jogos da Ribeira, anda mais ficou quando chegou ao golo na compensação, por intermédio de Valter.

  Nada fazia prever que o Bougadense perdesse este domingo, mas o Rio Tinto conseguiu bater a formação de Renato Pontes já nos minutos de desconto e na sequência de um lance muito duvidoso que despoletou a indignação de jogadores, dirigentes e adeptos bougadenses.

Com este triunfo o Rio Tinto ultrapassou o Bougadense, mas três pontos continuam a separar o conjunto de Santiago de Bougado da linha de água, ocupada agora por Senhora da Hora, que também perdeu.

Vinte e sete jornadas já passaram e os atletas bougadenses têm apenas sete rondas para fugirem à descida de divisão, situação que começa a tornar-se iminente a cada jornada que passa.

Relativamente à partida que opôs dois "aflitos" mais feliz saiu o Rio Tinto, que já satisfeito com o empate no Parque de Jogos da Ribeira, anda mais ficou quando chegou ao golo na compensação, por intermédio de Valter.

Contudo, o golo não foi bem recebido pelos homens do Bougadense que reclamaram fora de jogo do atleta adversário, que não foi assinalado pelo árbitro auxiliar.

Oportunidades não faltaram à equipa da casa para sair com os três pontos, mas a verdade é que o jogo terminou com o triunfo dos forasteiros.

Insatisfeito pelo desfecho da partida, o técnico Renato Pontes apelou para uma maior seriedade dos profissionais das arbitragens, mas não deixou de desabafar que "é o futebol que temos". Convicto que lances que deram o golo ao Rio Tinto "não acontecem por acaso", Pontes acusou alguns árbitros de "gostarem de ser protagonistas" e de terem "segundas intenções" contra um clube "sério, que cumpre todas as suas obrigações e merece ser respeitado".

"É lamentável entrar no balneário e ver alguns jogadores chorarem, porque fizeram de tudo para conseguir um resultado positivo e no fim são brindados com estas situações", contestou.

No que concerne à atitude dos jogadores, "sabiam que era um jogo complicado, encaram a partida com algum nervosismo, mas conseguiram ser superiores". O Bougadense teve que fazer duas substituições forçadas pelas lesões de Ricardo Sá e Daniel Conde, facto que limitou Renato Pontes na gestão da equipa para a segunda parte, que apenas pôde colocar João Paulo para refrescar o ataque.

Agora, para a próxima semana, o Bougadense vai encarar a partida com o Pedrouços com a mesma intenção de ganhar. "Enquanto for possível, a equipa vai lutar até ao último momento para inverter esta situação.

 

Jogo: Parque de Jogos da Ribeira

Bougadense: Vila Cova, Flávio, Ricardo Sá (Daniel Conde 23', Ramalho 37'), Fábio, Ricardo Costa, Serginho, Paulinho (João Paulo 67'), Lírio, Henrique, Miguelito e Luís Carlos

Treinador: Renato Pontes

Rio Tinto: Mata, Miguel (Paulo Ribeiro 78'), Ramos, Fábio (Valter 59'), Chico, Araújo, Pedro Gabriel, Assis, Rui Miguel, Luís Carreira e Sousa

Treinador: Maurício Lemos

Árbitro: Sérgio Pereira, auxiliado por Fernando Montenegro, José Ribeiro e Pedro Martins

Cartões amarelos: Rui Miguel (77'), Fábio (79'), Mata (89'), Araújo (90'+2') e Vila Cova (90'+3')

Marcador: Valter (90'+3')

 

Resultados 27ª jornada

Pedrouços 1-2 Candal

Arcozelo 2-0 Sra Hora

Vilanovense 3-3 Alpendorada

Ataense 1-3 Coimbrões

Valonguense 1-1 Perosinho

Várzea Douro 3-1 Perafita

Ermesinde 4-3 Canidelo

Sousense 0-0 Avintes

Bougadense 0-1 Rio Tinto

 

Próxima jornada (05-04-2008)

Sra Hora-Candal

Alpenadorada-Arcozelo

Coimbrões-Vilanovense

Perosinho-Ataense

Perafita-Valonguense

Canidelo-Várzea Douro

Avintes-Ermesinde

Rio Tinto-Sousense

Bougadense-Pedrouços

 

Classificação

  1. Coimbrões – 62 pontos

  2. Alpendorada – 60 pontos

  3. Ataense – 54 pontos

  4. Arcozelo – 50 pontos

  5. Candal – 47 pontos

  6. Valonguense – 42 pontos

  7. Sousense – 40 pontos

  8. Avintes – 37 pontos

  9. Pedrouços – 34 pontos

  10. Canidelo – 34 pontos

  11. Perosinho – 33 pontos

  12. Perafita – 32 pontos

  13. Várzea Douro – 32 pontos

  14. Sra Hora – 29 pontos

  15. Rio Tinto – 27 pontos

  16. Bougadense – 26 pontos

  17. Vilanovense – 19 pontos

  18. Ermesinde – 13 pontos