O Ginásio da Trofa participou nos campeonatos da zona Norte e duas atletas obtiveram resultados honrosos.

Elsa Maia e Andreia Rodrigues são dois exemplos que o Ginásio da Trofa continua a formar grandes valores no atletismo. Nos campeonatos absolutos da zona Norte, disputados em pista coberta, em Braga, no domingo, a primeira correu os 800 metros e terminou no 6º posto da geral, sendo 2ª classificada da Associação de Atletismo do Porto (AAP), com um tempo de dois minutos e 25 segundos.

Já Andreia Rodrigues participou pela primeira vez na prova de três mil metros e foi 3ª classificada na geral, garantindo o 1º posto na AAP. As duas atletas garantiram mínimos para o campeonato nacional de juniores. “Tendo em conta que estas duas atletas competiram com outras de escalões superiores, dão-nos a garantia de que num futuro muito próximo veremos, novamente, atletas da Trofa nas altas esferas do atletismo nacional e depois sonhar em competições internacionais”, afirmou José Botelho da Costa, vice-presidente do Ginásio da Trofa.

No sábado, a associação também participou na S. Silvestre de Santo Tirso, onde conquistou vários pódios. Em benjamins, Paulo Silva conquistou o 3º posto, enquanto Rui Rocha foi 3º classificado em infantis. No mesmo escalão, Paulo Neto obteve a 8ª posição. Em femininos, Sara Teixeira e Daniela Pontes foram 11ª e 21ª classificadas, respetivamente.

Tiago Silva (8º), Fábio Rodrigues (10º), Tiago Moreira (13º) e João Rocha (14º) foram os representantes do Ginásio da Trofa em iniciados, tendo conquistado o 2º lugar coletivo. Já nos femininos, Ana Silva (9ª), Ana Ribeiro (19ª), Ana Ramos (27ª) e Débora Pinho (44ª) obtiveram a 3ª posição coletiva.

Em juvenis femininos, Andreia Rodrigues terminou no 2º lugar, logo seguida por Elsa Maia. Juntamente com Ana Carvalho (13ª classificada), conquistaram o 2º posto por equipas. Em veteranos, Amélia Araújo terminou em 4º lugar e António Azevedo em 34º. Depois destes resultados, os responsáveis da associação esperam que “quem de direito olhe para esta coletividade com carinho e com justiça e que o terreno do Ginásio da Trofa, anexado pela CP (nova estação), seja retribuído com um outro, para aí ser construída a sede e realizar um sonho de 30 anos”.

 {fcomment}