José António Ramos, gestor espanhol com uma larga experiência no retalho de moda internacional, será o novo CEO da Salsa, a maior marca de moda portuguesa, onde coordenará as ambições de crescimento da marca, que está cada vez mais voltada para o mercado internacional. O fundador da marca, Filipe Vila Nova, mantém o cargo de Chairman.

No seu último desafio, Ramos foi durante seis anos Chief Commercial Officer da Esprit, marca de moda global baseada na Alemanha, onde liderou a gestão central dos canais de distribuição de retalho, wholesale e e-commerce, bem como da gestão dos serviços de apoio multicanal, incluindo vendas, logística e ativação de marca.

Antes, foi membro da Comissão Executiva do Carrefour Espanha, após ter exercido funções de gestão da área alimentar e da área de têxtil e casa, e depois da passagem pelo Grupo Inditex, líder mundial do sector de moda, mais concretamente na Zara, onde exerceu cargos nas áreas de produto e distribuição. Ramos foi, ainda, Consultor Estratégico na McKinsey e possui um MBA pelo MIT.

“A Salsa é uma marca com uma proposta de valor única no mercado, que tem tido um percurso assinalável e que, acredito, tem todo o potencial para alcançar patamares de crescimento ainda mais expressivos. Pessoalmente, é um desafio aliciante e estou entusiasmado por me juntar a uma equipa tão ambiciosa e competente, para descobrir o que poderemos alcançar em conjunto a partir de agora” refere José António Ramos.

Ao longo dos seus 25 anos de existência, a Salsa tem assumido um papel de crescente destaque no setor da moda e têxtil, sendo reconhecida pelo pioneirismo no trabalho do denim e pela especialização na criação de fits técnicos diferenciadores aliados a um estilo superior. A Salsa assume-se como a marca de Jeanswear que melhor veste no mundo, produzindo mais de cinco mil jeans por dia que são vendidos nos mais de 2000 pontos de venda que a marca tem atualmente em cerca de 40 países.

Fonte: jornal T