A conta bancária da Junta de Freguesia do Muro foi alvo de phishing esta terça-feira, ao final da manhã. A funcionária da Junta de Freguesia “acedeu ao site da Caixa Geral de Depósitos para fazer “consulta de saldo da conta.

Introduziu os códigos de acesso mas entretanto apareceu-lhe uma mensagem para dar um email, mas ela saiu pois apenas pretendia fazer consulta,” adiantou o presidente da Junta de Freguesia Carlos Martins. O autarca contou que acederam novamente ao site da instituição bancária para “fazer o pagamento à Segurança Social, meteu-se um segundo código e a Junta, como necessita de duas autorizações, ao meter o segundo código, também apareceu novamente a mensagem e em seguida uma outra dizendo que o site ia ser interrompido para atualização durante 30 minutos, entretanto fechou-se aquilo, pensou-se que o problema era da Caixa Geral de Depósitos,” mas afinal tinham acedido a um site clonado que tinha como objetivo de fazer phishing à conta da Junta. Terça-feira à noite ligaram-nos do E-banking de Lisboa a dizer que houve tentativa de fraude, fizeram uma série de perguntas e aconselharam-nos a ir hoje de manhã (quarta-feira) ver o saldo e constatamos que nos tinham retirado 4700 euros”.

A transação terá ocorrido cerca das 12 horas e apenas cinco minutos depois, uma mulher procedeu ao levantamento dessa quantia no balcão da instituição bancária em Vieira do Minho.

Leia a reportagem completa na edição nº 469 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.