"Aquém e Além do Cérebro" é o mote deixado pela Fundação Bial que organizou um debate sobre as emoções que reúne alguns especialistas mundias das neurociências. O debate começou na quarta-feira, dia 26 de Março, e continuará até sexta, dia 29, na Casa do Médico, no Porto.

O sétimo simpósio organizado pela Fundação Bial já começou e alguns especialistas mundiais já estão reunidos para discutir o papel das emoções.

Qual é o papel das emoções na tomada de decisão, de que forma se relacionam as emoções com os fenómenos paranormais, quais são os mecanismos neurofisiológicos que desencadeiam as emoções, como é que sonhos pré-cognitivos podem influenciar o futuro e qual a origem das premonições colectivas do 11 de Setembro, são algumas das questões em debate no simpósio.

O evento vai estar dividido em três sessões: "Neurobiologia das Emoções", "Emoções e Fenómenos Paranormais" e "Emoções e Comportamentos Sociais".

Os especialistas convidados têm desta forma a oportunidade de apresentar os últimos resultados científicos desta ciência que tem assistido a uma explosão, revelando-se como uma das principais áreas da psicologia, filosofia e neurociência e tentarão relacionar as emoções com fenómenos paranormais, tentando concluir sobre se a origem da telepatia ou da utilização da energia cinética para mover objectos está relacionada com as emoções.

Serão ainda discutidos os resultados de mais de 40 estudos realizados a grupos de pessoas que praticam Meditação Transcendental, para avaliar o clima social de uma grande metrópole, nomeadamente, o índice de criminalidade.

O primeiro dia contou com a apresentação de Nico Frijda, Professor Jubilado de Psicologia Experimental, na Universidade de Amesterdão. Para este investigador as emoções podem ser analisadas do ponto de vista de mecanismos neuronais e neuroquímicos, funcionais ou psicológicos.

"Mecanismos neurobiológicos do medo" foi o tema de abertura do segundo dia do Simpósio apresentado por Marta Moita, Investigadora Principal do Grupo de Neurobiologia do Comportamento no Instituto Gulbenkian de Ciência.

Stefan Schmidt, investigador do Departamento de Medicina Ambiental e de Epidemiologia Hospitalar de Freiburg na Alemanha fala sobre as relações entre memórias, a regulação de emoções, a meditação e fenómenos paranormais.

Dean Radin, Director do Institute of Noetic Sciences of Califórnia, nos Estados Unidos, expõe a sua opinião acerca das experiências de telepatia e pressentimentos, conhecidos pela Parapsicologia como uma visão ampla da consciência que pode levar o indivíduo longe, incluindo ligações importantes com experiências com pessoas e eventos que acontecem longe do alcance dos sentidos.

Já, Roger Nelson, fundador e director do Global Consciousness, vai expor o tema cujo título é "A natureza emocional da consciência global". Paul Ekman, professor de Psicologia do Departamento de Psiquiatria da Universidade da Califórnia, EUA, vai abordar o tema da influência das emoções na sociedade.

Paralelamente, este evento servirá para a exposição dos resultados finais das investigações dos bolseiros da Fundação Bial, que apresentarão as suas pesquisas perante a elite científica internacional.

Uma referência da Fundação Bial, estas bolsas têm como objectivo o estudo neurofisiológico e mental do Homem, despertando o interesse dos investigadores das áreas da psicofisiologia e da parapsicologia. Em sete edições já realizadas já foram apoiados 261 projectos, englobando 840 investigadores de 22 países.