“Os Jovens e o emprego: que futuro?” Esta foi a pergunta que lançou o debate entre os alunos dos cursos profissionais de nível IV da escola profissional Forave.

A Sessão Escolar, que se realizou no dia 22 de janeiro, contou com a “participação acalorada de 27 deputados (alunos)”, que apresentaram “medidas” que pretendem “contribuir para alterar as perspetivas relativas ao mercado de trabalho”. Durante a mesma, foi ainda aprovado “o Projeto de Recomendação da escola”, onde foram eleitos os “deputados” João Dores, Ricardo Azevedo e Marco Gomes, que vão representar a Forave na Sessão Distrital em Braga, no dia 26 de fevereiro.

 

Esta é uma iniciativa conjunta da Assembleia da República, do Instituto da Juventude e do Ministério da Educação, no âmbito do programa “Parlamento dos Jovens”, que pretende “educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política, incentivar a reflexão sobre um tema e a participação num processo eleitoral, estimular a capacidade de expressão e argumentação e promover o debate democrático”.

“Os objetivos definidos para a participação neste programa foram plenamente alcançados tendo sido transmitidas aos alunos as regras parlamentares e proporcionado um debate democrático, onde puderam demonstrar uma grande capacidade de expressão e argumentação”, avançou fonte da escola profissional.