O Rancho Folclórico da Trofa realizou no sábado, dia 28 de julho, o seu 11º Festival de Folclore. O Parque Nossa Senhora das Dores acolheu o 11º Festival de Folclore do Rancho Folclórico da Trofa, inserido no programa de festas em honra de Nossa Senhora das Dores.

Depois do habitual desfile e entrega de lembranças aos cinco grupos participantes, tiveram início as atuações que, além do grupo organizador, contou com a presença do Rancho Folclórico dos Moleanos, Rancho Folclórico “As Salineiras” de Lavos, Rancho Folclórico da Casa do Povo da Livração e do Rancho Folclórico de Zebreiros. Para Alcino Paixão, presidente do Rancho Folclórico da Trofa, este foi “um festival bonito”, em que tiveram “o cuidado de fazer uma seleção muito boa de ranchos”, sem esquecer “os valores limítrofes”. “Foi tudo muito bom e os grupos eram muito bons. Isto é agradável, salutar e é uma coisa muita bonita”, acrescentou.

O presidente não quis deixar passar esta oportunidade, para mencionar que está na altura de passar o testemunho a outra direção, pois a organização de uma atividade destas está a ficar “pesado para um homem com 73 anos”. “Isto é muito trabalhoso, dá muitos problemas e é preciso ter-se uma paciência muito grande. De qualquer maneira tudo correu bem e isto é muito bonito, mas está na altura de fazer uma renovação muito grande no grupo, porque isto não dá para continuar, está a ficar muito pesado”, reforçou.

Nas eleições, que decorrem em setembro, Alcino Paixão espera que apareça uma nova direção, para dar continuidade ao trabalho que efetuou ao longo das últimas oito épocas.

{fcomment}