incendio-Lantemil-39
Os incêndios regressaram em força ao concelho na última semana, obrigando ao esforço de dezenas de bombeiros de várias corporações para combater as chamas que, apenas em quatro dias, já consumiram cerca de 13 hectares de mancha florestal.

Eram cerca das 17.23 horas de quinta-feira quando os Bombeiros Voluntários da Trofa receberam o alerta de uma ignição em Covelas, junto ao campo de futebol, que apenas cinco horas depois foi dado como circunscrito. O vento não ajudou à extinção das chamas, que obrigaram à intervenção de 17 homens e cinco viaturas da corporação da Trofa, quatro homens e uma viatura dos Bombeiros Tirsenses, apoiados por sete elementos e uma viatura da Afocelca. No combate ao fogo, que consumiu quatro hectares de área florestal, esteve ainda um helicóptero, elementos do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro (GIPS) da GNR e três homens da Protecção Civil da Trofa.

No mesmo dia, um incêndio deflagrou no lugar do Seixinho, em S. Romão do Coronado, pelas 23.31 horas. No combate às chamas estiveram 31 homens e nove viaturas de várias corporações, nomeadamente, dos Bombeiros Voluntários da Trofa, Ermesinde, Pedrouços e Santo Tirso, com o apoio da Afocelca. Depois de consumir 1,5 hectares de mancha florestal, o fogo foi dado como circunscrito pelas 4.45 horas.

Poucas horas depois, cerca das 9.34 horas, a corporação da Trofa foram mobilizados para um incêndio florestal no lugar de Mendões, em S. Mamede do Coronado, com 10 homens e duas viaturas, apoiados por um helicóptero. As chamas foram extintas pelas 13.49 horas, depois de consumirem cerca de 1,2 ha.

Já na madrugada de segunda-feira, as chamas deflagraram no lugar de Lantemil, Santiago de Bougado, cerca das 00.14 horas. Os 38 combatentes das corporações da Trofa, Vila do Conde, Tirsenses, S. Mamede de Infesta e Pedrouços não conseguiram salvar 4 hectares de área florestal.

Na mesma madrugada, outra equipa da corporação da Trofa esteve mobilizada em Covelas, na Rua da Gabriela. Entre as 2.15 e as 5.20 horas 15 homens e quatro viaturas das corporações da Trofa e Tirsenses combateram o fogo, que consumiu 2 hectares de floresta.