quant
Fique ligado

Ano 2010

Férias antecipadas…

Publicado

em

 
Esta semana o Bruxo tem andado muito divertido. Tenho lido comentários no blogue que nem no Curral entre as Mulas são lembrados, mas em frente…

Para começar, o jogo de sábado. Era o último da época, a despedida dos sócios e simpatizantes, mas as férias para os jogadores começaram mais cedo. Começaram exactamente às 17 horas. A culpa foi da chuva, eles pensavam que era o duche do final de jogo e ensaboaram, ensaboaram, que quando deram por ela já levavam três “frangos” na bagagem.

Licá, que o Bruxo muito gostava de voltar a ver vestir a nossa camisola, reduziu para a vergonha não ser tão grande, mas o árbitro gostava mais de nós e dava-nos umas cartolinas, era muito nosso amigo. Para eles, nada… Depois deve ter achado que, apesar de estarem a ganhar eram mais fracos, estavam coagidos com as ameaças do Fiúza, que dizia irem rolar cabeças e tornou as coisas mais equilibradas, deixou-nos a jogar com 10 e diga-se de passagem que nem se notou tal coisa.

Mas Gil que é Gil, tem que ter um Galo e esse quis deixar o seu apontamento, aumentando a conta para quatro, que era a tabela deles deste ano.

O melhor ficou para o fim. Se do lado deles, já tinha sido um Júnior o “senhor da festa”, ao nosso Rafa foi-lhe dada oportunidade de brilhar nos últimos dez minutos. Cá o bruxo, como o jogo era a “feijões”, tinha-o colocado de início, mas o nosso treinador assim não quis e vá lá, ao menos dez minutos (que o miúdo nem precisava de lhe agradecer).

A verdade é que entrou em grande e marcou um “golaço” do meio da rua, o que faz dele o jogador da Vitalis com maior índice de rendimento. Ah, pois é… Cá o Bruxo nunca tinha festejado com tanta alegria um golo e mesmo os próprios jogadores pareciam que tinham marcado o golo da vitória, tais foram os festejos. Deve ser moda, festejar as derrotas, pois já o Porto foi o que se viu por ficar em terceiro e ganhar o acesso à Liga Europa.

Se a moda pega, para o ano vai ser uma festa pegada, mas não para o nosso lado, porque cá o Bruxo acredita que vai ser o “nosso” ano. A ver vamos…

Publicidade

O Bruxo vai agora tentar dar uma pequena lição, gratuita e sem contrapartidas da diferença entre plantel e equipa.

Plantel é todo o grupo de trabalho, equipa são os que jogam, os escolhidos pelo treinador para disputar cada jogo. Nem sempre o melhor plantel consegue afirmar-se como melhor equipa, temos um exemplo ainda bem vivo nas nossas memórias. O plantel do Porto é muito superior ao do Braga, no entanto, nas contas finais ficou abaixo na tabela. Pelo que tenho lido, a lógica de alguns será dizer que o plantel do Braga é superior, pois ficou mais bem classificado, mas já nada me admira…

O Bruxo, atento aos jogos, vai eleger o “11” da Vitalis, que para o ano, dizem-me, terá outro nome). Quem sabe o tal “refrigerante” que alguns vaticinavam no início da época… Grandes bruxos me saíram, passaram-me a perna no que ao adivinhar diz respeito.

Já sabiam que o CDT para o próximo ano não “bebia” Vitalis. Erraram foi na classificação e divisão vaticinada, mas não desanimem, não se pode acertar tudo.

Vou eleger a equipa, escolhendo para cada lugar, não o que considero melhor, mas os que na minha opinião, jogaram melhor em cada posição ao longo da época .

Guarda-redes: Bruno Conceição

Defesas: Ricardo Pessoa, Jardel*, Kanu, Stopira

Publicidade

Médios: Tiago, Rui Sampaio, Miguel Rosa, Rui Pedro

Avançados: Reguila*, João Silva

*Jardel ganhou o lugar em virtude da lesão de Varela, porque este como jogador, não é nada inferior, já Reguila, tinha que o colocar por melhor marcador da Liga Vitalis, mas Leandro Tatu em mais nada perde para ele.

Referências ainda para Marafona, Cláudio, Bruno Sousa, Rafa (Penafiel), Filipe Gonçalves e Michel, mas só podem jogar 11.

Melhor treinador: Pedro Miguel (Oliveirense), com um plantel abaixo da média, conseguiu lutar pela subida até à ultima jornada.

 

Bruxo do Curral da Mula

Publicidade

 

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2010

Tradição de porta em porta

Publicado

em

Por


O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado mantém viva, ano após ano, a tradição de cantar as janeiras de porta em porta, levando o folclore da região a todas as casas.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2010

Arte em quatro rodas

Publicado

em

Por

Francisco Maia tem uma oficina de restauro diferente: recupera automóveis antigos há mais de 20 anos.

(mais…)

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também