Um golo solitário do avançado brasileiro Roberto deu hoje a vitória ao Feirense, por 1-0, sobre o líder Trofense, no encontro de abertura da 19.ª jornada da Liga de Honra em futebol.

Aos 60 minutos, um cabeceamento de Roberto selou o único golo de um jogo que marcou a segunda derrota do Trofense fora de portas e deixou em aberto a liderança do campeonato, já que a Oliveirense, em caso de vitória caseira face ao Leixões, domingo, pode assumir o primeiro lugar.

Por seu lado, e com esta vitória, o Feirense coloca-se a escassos três pontos do ainda líder, mas bem pode agradecer ao árbitro Duarte Gomes, que não assinalou uma grande penalidade a favor da equipa da Trofa.

Em Santa Maria da Feira, emoção e oportunidades para ambas as equipas só apareceram a partir da meia hora, altura em que Gonçalo Abreu atirou poucos centímetros por cima da baliza do Trofense, após cruzamento de Marco Cadete.

No minuto seguinte, aos 32, foi a vez da ousadia ofensiva do Feirense criar a melhor ocasião da primeira parte. Na pequena área, o médio marfinense Siaka Bamba cabeceou para o guarda-redes Marco assinar a melhor defesa da manhã.

Na resposta, Zé Manuel (34 minutos) apareceu isolado na cara do golo, mas não fez melhor do que um remate a rasar a barra da baliza defendida por Paulo Lopes.

No Marcolino de Castro assistia-se ao melhor momento de um jogo que saiu para intervalo com uma grande penalidade não assinalada a favor da equipa líder da Liga de Honra. No terceiro minuto de descontos, Luciano carrega, com o joelho, Serginho na área, mas Duarte Gomes nada assinalada.

No segundo tempo, o Feirense voltou a aparecer mais afoito e a criar desequilíbrios junto da defensiva adversária. Aos 56 minutos, Fonseca rematou forte, à entrada da grande área, para defesa segura de Marco e, aos 60, um cruzamento do recém entrado Ricardo Machado encontrou a cabeça de Roberto, que deu a melhor sequência ao lance e inaugurou o marcador.

A equipa liderada por Quim Machado justificava a liderança no encontro e, mesmo a vencer, não abdicava de atacar os líderes da Liga de Honra, a desesperar pela igualdade.

Aos 80 minutos, Bahin teve nos pés uma excelente oportunidade para empatar, mas Paulo Lopes manteve o sangue frio na defesa do remate avançado da Costa do Marfim.

Até ao apito final de Duarte Gomes, foram várias as oportunidades para as duas formações, mas o resultado não sofreu alteração.

Jogo no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira.

Feirense – Trofense, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Roberto, 60 minutos.

Equipas:

– Feirense: Paulo Lopes, Marco Cadete (Ricardo Machado, 46), Elvis, Luciano, Serginho, Stenio Nivaldo, Siaka Bamba (Thiago Freitas, 79), Gonçalo Abreu, Carlos Fonseca, André Fontes e Roberto (Diogo Fonseca, 76).

(Suplentes: Marco Sousa, Ricardo Machado, Joel Neves, Thiago Freitas, Alexandre Ludovic, Pedro Pinheiro e Diogo Fonseca).

– Trofense: Marco, João Dias, Pedro Ribeiro, Gégé, Ricardo Nunes, Varela, Tiago (Quattará, 82), Zé Manuel, Serginho (Licá, 71), Nildo e Reguila (Bahin, 71).

(Suplentes: Alex Alves, Luís Eduardo, Moreilândia, Moustapha, Quattará, Bahin e Licá).

Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Marco Cadete (12), Serginho (21), Elvis (35), Tiago (45) e Pedro Ribeiro (72).

Assistência: Cerca de 800 espetadores.

Lusa