Desta vez não foi rumo a Lisboa, em busca do concelho, que partiram os três autocarros que transportavam empresários trofenses dos sectores agropecuário e de máquinas agrícolas, mas sim rumo à Feira Internacional Semana Verde, em Silleda, na vizinha Galiza, à conquista do mercado espanhol.

Partiram bem cedo os três autocarros de trofenses, que este sábado, a convite da autarquia e da Junta de S.Martinho de Bougado visitaram a Feira Internacional Semana Verde, em Silleda, Espanha. Bernardino Vasconcelos, presidente da Câmara da Trofa e Jose Sá, da Junta de S.Martinho foram recebidos por Méndez Romeu, conselheiro da presidência e presidente da Fundacion Semana Verde que expressou a importância de impulsar as feiras para melhorar a competitividade galega

O presidente da Fundación Semana Verde da Galiza e conselheiro de Presidência assinou um protocolo de intenções com a autarquia da Trofa para estreitar relações em matéria de feiras. O acordo prevê o intercambio de experiências, a organização de visitas conjuntas aos certames organizados pelas duas localidades e prevê ainda que os empresários possam estabelecer contactos comerciais com vista a dinamizar o comércio entre as regiões.

José Luis Méndez Romeu, expressou durante a recepção à comitiva trofense a importância de impulsionar as feiras como ponto de encontro internacional, para que as empresas galegas possam competir com as portuguesas.

Neste sentido, destacou sobre este acordo que o seu objectivo é “incrementar o negocio e a riqueza” e conseguir que as empresas do sector agropecuario de ambas as regiões “possam abrir os seus mercados e captar clientes”.

Já Bernardino Vasconcelos realçou a importância do convénio assinado entre a Câmara da Trofa, e a Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado e a Fundacion Semana Verde de Galiza adiantando que “com este protocolo vamos poder promover a Feira Anual da Trofa aqui na Galiza e por outro lado os empresários espanhóis vão poder visitar-nos em Março de 2009 e expôr os seus produtos na nossa Feira”, adiantou.

“Eu acho que é importante para os nossos empresários da agro-pecuária e de outras actividades

usufruirem deste intercâmbio porque esta internacionalização vai abrir novos mercados, novas experiências e neste mundo global competitivo a internacionalização é uma arma”, afiançou o autarca.

“Publicitar a Feira Anual da Trofa e captar expositores espanhóis para o certame de 2009” foram dois dos objectivos que levaram José Sá a aderir à iniciativa e a fazer representar a Trofa e a Feira Anual no certame de Silleda com um stand que durante o certame se dedicou a distribuir revistas da Feira da Trofa, cds com um video da edição 2008 da Feira Anual e um copo de vinho da Adega Cooperativa de Santo Tirso e Trofa.